conecte-se conosco

CECearáCopa do BrasilÚltimas

Ceará visita o Palmeiras pela ida das quartas de final da Copa do Brasil

Confira provável escalação, arbitragem, contexto do jogo, premiação e mais

Publicados

em

Cinco fases depois e figurando entre os oito times da Copa do Brasil, pode-se dizer: o Ceará está a seis partidas de conquistar o maior título da história. E o primeiro passo para isso será dado nesta quarta-feira, diante do Palmeiras, pelo confronto de ida das quartas de finais da competição, às 16h30, no estádio Allianz Parque. 

Assim como o Vozão, o Alviverde também não perdeu na Copa do Brasil. Porém, se o Ceará disputou nove partidas no campeonato, o Palmeiras jogou apenas duas, já que entrou diretamente nas oitavas de final por ter disputado a Taça Libertadores – eliminou na fase interior o Red Bull Bragantino com duas vitórias.

Histórico

O Ceará disputa às quartas de final da Copa do Brasil pela sexta vez na história. A última vez que o Vozão havia chegado nesta fase da competição, aliás, foi em 2011, quando bateu o Flamengo. No total, acumula três classificações e duas eliminações neste recorte, de acordo com o blog de Cassio Zirpoli – confira mais números, informações e curiosidades clicando aqui.

O que há em jogo

Quando um clube acumula classificações e a competição vai afunilando, o troféu torna-se a principal ambição, claro. Mas não se pode minimizar o que há em disputa também no aspecto financeiro. Caso supere o Alviverde e avance, o Vozão leva mais R$ 7 milhões em cota por participar das semifinais. Até aqui, aliás, já superou os R$ 11 milhões em premiações na Copa do Brasil.

Opções

O Alvinegro terá três reforços em relação ao jogo contra o Sport. São eles Luiz Otávio, Fabinho e Leandro Carvalho, todos ausentes por suspensão. Porém, cinco peças são desfalques: com Covid-19, Vinícius e Eduardo Brock não jogam, enquanto Cléber, Saulo Mineiro e Alyson não podem atuar por já terem defendido outras equipes na competição.

A principal dúvida na escalação existe em torno do substituto de Vinícius. Isso porque Guto Ferreira, em vez de seguir com o elogiado Felipe Silva, pode optar por uma formação um pouco mais precavida, com três volantes, acionando o experiente Ricardinho. 

Escalação

Trio de arbitragem

Átbitro: Bráulio da Silva Machado-SC
Assistentes: Henrique Neu-SC e Helton Nunes-SC

Foto: Felipe Santos/ Ceará SC

Trending