conecte-se conosco

ALSérie BÚltimas

CRB começa mal, reage, mas cai para a Chape e aumenta jejum na Série B

Galo chegou a seis partidas sem vitórias e se aproxima da zona de rebaixamento da Segundona

Publicados

em

O CRB até demonstrou bom poder de reação, mas, no fim, perdeu mais uma na Série B. Depois de sofrer dois gols em dez minutos, o alvirrubro conseguiu equilibrar o jogo e empatar no segundo tempo com Wesley, aos 8, e Lucão, aos 30. Porém, voltou a vacilar e caiu aos 36, quando o time catarinense fez o 3 a 2 com Foguinho e deu números finais ao jogo válido pela 28ª rodada da Série B.

E agora?

Com o resultado, o CRB chegou a seis jogos sem vitória na Segundona e segue estagnado com 34 pontos, no 13º lugar e vê a zona de rebaixamento se aproximar – o primeiro time na degola é o Paraná, com cinco a menos. Agora, o alvirrubro pega justamente o tricolor paranaense, no estádio Rei Pelé, nesta quinta.

Começo apático

A equipe comandada por Ramon Menezes sofreu um apagão no começo do jogo. Mesmo com a defesa bem postada, o CRB não demonstrou resistência e sofreu gols aos 3 e aos 8 minutos da etapa inicial, com Mike e Anselmo Ramon marcando sem dificuldades.

Equilíbrio

Ainda desnorteado em campo, o alvirrubro conseguiu, aos poucos, ir se encontrando em campo e equilibrando o jogo, em que pese o time catarinense ter freado o ímpeto. O curioso é que o CRB fez duas mudanças bem cedo, o que é incomum: aos 12 da etapa inicial entraram Iago Dias e Hugo nas vagas de Hyuri e Luiz Paulo, respectivamente.

Segundo tempo melhor

Na etapa complementar, o time regatiano melhorou. Aos 7 minutos, Luidy fez boa jogada individual e sofreu pênalti. Na bola, Wesley bateu bem e diminuiu o placar. Ainda em desvantagem, o CRB seguiu em cima. E foi recompensado. Aos 30, Lucão cabeceou bem após cruzamento de Hugo e deixou tudo igual.

CRB segue em cima… mas a Chape é quem marca

Mesmo empatando fora de casa contra o líder da competição, o alvirrubro seguiu em cima. E quase conseguiu a virada em jogada individual de Bill que parou em João Ricardo. Porém, atrás, o CRB voltou a falhar. Foguinho enfileirou a defesa regatiana e, sem marcação, só parou quando bateu no canto de Douglas Borges para desempatar e dar números finais ao jogo.

Ficha

Douglas Borges; Reginaldo, Xandão, Thalisson, Luiz Paulo (Hugo); Wesley, Claudinei (Safira), Diego Torres (Carlos Jatobá); Hyuri (Iago Dias), Lucão e Luidy (Bill). Técnico: Ramon Menezes 

Gols: Wesley e Lucão
Cartão amarelo: Thalisson

Foto: Márcio Cunha/ Chapecoense

Trending