conecte-se conosco

PESanta CruzSérie CÚltimas

Santa Cruz visita Ituano na Série C, buscando renovar esperanças

Uma vitória por dois gols faz o Santa cruz ultrapassar o Ituano na tabela. (Foto: Rafael Melo/Santa Cruz)

Publicados

em

Quatro times, duas vagas de acesso à Série B. Neste sábado, às 19h no Novelli Júnior, o Santa Cruz fecha o terceiro ‘jogo de ida’ do quadrangular decisivo da Série C, contra o Ituano que é o líder da chave, enquanto a equipe coral é a lanterna, com um único ponto somado. No entanto, apenas três pontos separam as duas equipes e, caso vença por dois gols de diferença, o Tricolor ultrapassa o rival direto na tabela. Porém uma vitória ainda que simples já será o suficiente para entrar pela primeira vez na zona de classificação. Jogo que pode renovar as esperanças, mas ao mesmo tempo também pode encaminhar um desfecho melancólico para a temporada.

Mais mudanças no time

E para o jogo, o técnico Marcelo Martelotte deve repetir a tônica de mudanças na equipe e mexer na escalação pelo terceiro jogo consecutivo. Depois de perder Chiquinho machucado na estreia, e optar por Paulinho no banco contra o Vila Nova, o treinador pode promover a volta do volante à titularidade no meio de campo. Ainda há a possibilidade de Martelotte mandar de frente o atacante Jáderson, que perdeu a vaga na equipe principal na reta final da fase de classificação.

Pior Mandante x Melhor Visitante

Além das mudanças, um fator que pode aumentar as esperanças da torcida coral é o fato que entre os quatro participantes do Grupo C, o Santa Cruz é o que detém o melhor retrospecto como visitante, vencendo a metade dos seus dez jogos disputados até aqui, além de três empates e apenas duas derrotas longe do Arruda. É também a equipe que mais marcou gols (14) e a que menos sofreu também no recorte (5).

Somado a isso, o Ituano é o que detém o pior retrospecto dos quatro times como mandante na Série C. É o único que não venceu seis partidas em casa, porém perdeu apenas um jogo no Novelli Júnior e, ao lado do Santa Cruz, é o time que mais fez gols jogando em casa, com 19 somados.

Visitantes

Santa Cruz: 5V, 3E, 2D, 14GM, 5GS
Ituano: 5V, 1E, 4D, 12GM, 10GS
Vila Nova: 3V, 5E, 2D, 10GM, 10GS
Brusque: 2V, 4E, 4D, 10GM, 14GS

Mandantes

Brusque: 6V, 3E, 1D, 14GM, 13GS
Santa Cruz: 6V, 2E, 2D, 19GM, 13GS
Vila Nova: 6V, 2E, 2D, 13GM, 4GS
Ituano: 4V, 5E, 1D, 19GM, 12GS

Boas recordações

Outro fator que permeia o duelo entre Santa Cruz e Ituano é o reencontro do time coral com o Estádio Novelli Júnior, que foi palco para o acesso de volta à Série A, em 2015. Na ocasião, o adversário foi o Mogi Mirim, então lanterna daquela Série B, na 37ª rodada da competição. Uma simples vitória seria suficiente para o Tricolor conquistar a vaga na Elite em 2016, que não disputava desde 2006.

O time era comandado pelo técnico Marcelo Martelotte e também contava com atletas do atual elenco, como o zagueiro e capitão Danny Morais. Além dele o volante Bileu, que chegou a marcar um dos quatro gols que selaram a goleada sobre o Mogi, e deram ao Santa Cruz a vaga na Primeira Divisão do Campeonato Brasileiro.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending