conecte-se conosco

BABahiaPESérie ASportÚltimas

Muito em jogo: pressionados pelo Z4, Sport e Bahia fazem clássico na Ilha

Semana deu molho especial ao duelo; veja contexto da partida, provável escalação, arbitragem e mais

Avatar

Publicados

em

Sport e Bahia fazem clássico neste domingo que, para além da importância de fugir da zona de rebaixamento, tem outras coisas relevantes em disputa. A bola rola para os nordestinos às 18h15, no estádio da Ilha do Retiro, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. No contexto da classificação, ambos os times têm 32 pontos e estão em 17º e 16º lugares, respectivamente – o Esquadrão leva vantagem no saldo de gols -, já que caíram uma posição com o triunfo do Vasco na noite do último sábado.

VEJA MAIS: Confira aqui a classificação atualizada do Brasileirão
VEJA MAIS: Confira aqui outras notícias do Sport
VEJA MAIS: Confira aqui outras notícias do Bahia

A começar pelos mandantes, o Leão vem de três derrotas consecutivas e o duelo frente ao Tricolor, um concorrente direto, representa a chance de respirar na luta contra a degola, já que na rodada seguinte encara o duro Flamengo e, logo depois, sai para dois jogos fora – o Sport é o pior visitante da competição, com apenas 10 pontos conquistados longe do Recife. 

Ouça a prévia para o clássico nordestino na mais recente edição do Hoje Tem Bet, programa do Podcast 45 Minutos em parceria com o Bet Nacional.

Já do lado visitante, o Bahia, após sete derrotas seguidas, vem apresentando melhora com Dado Cavalcanti, tendo um empate e uma vitória nos últimos dois jogos. Assim, o confronto diante do Sport, um concorrente direto, significa a possibilidade de manter a maré positiva e dar mais confiança ao Esquadrão.

Isso tudo, em meio a reta final da Série A, onde restam somente sete partidas. De acordo com o departamento de matemática da UFMG, aliás, o Sport tem 42.8% de chances de rebaixamento, enquanto o Bahia possui 28.7% de probabilidade de queda. 

Molho durante a semana

Na última quinta-feira, o clássico ganhou um tempero especial. Isso porque o então executivo de futebol do Sport, Lucas Drubscky, deixou o clube e rumou justamente para o Bahia. Presidente em exercício do Leão, Carlos Frederico criticou duramente a postura do Esquadrão. Já o mandatário Tricolor, Guilherme Bellintani, minimizou a situação, mas reconheceu que não procurou o clube pernambucano. 

Retrospecto histórico

Geral

Jogos: 91
Vitórias do Sport: 25
Empates: 29
Vitórias do Bahia: 37

Série A

Jogos: 29
Vitórias do Sport: 9
Empates: 8
Vitórias do Bahia: 12
– Fonte: Blog de Cassio Zirpoli

Opções – ausências e retornos – Sport 

O técnico Jair Ventura terá os retornos do lateral-esquerdo Júnior Tavares e do atacante Marquinhos, ambos titulares, mas não contará com o atacante Hernane, com Covid-19. Não há problemas por suspensão.

Opções – ausências e retornos – Bahia 

O técnico Dado Cavalcanti terá os retornos do meia Daniel e do atacante Gilberto, recuperados de Covid-19 – o atacante Clayson e o goleiro Mateus Claus seguem desfalques pela doença. Porém, o treinador perdeu o volante Ramon, suspenso.

O time – Sport 

Com as voltas dos titulares, a tendência é que deixem o time Sander, na lateral-esquerda, e um dos três volantes, com Ronaldo ou Betinho disputando a manutenção na escalação. O que deve implicar, aliás, por consequência, no retorno de Raul Prata à lateral-direita e no adiantamento de Patric para a segunda linha daquele setor.

O time – Bahia 

O Esquadrão deve mexer o mínimo possível, como vem sendo indicado por Dado Cavalcanti nas últimas semanas. Assim, a tendência é que as mudanças sejam apenas o retorno do artilheiro Gilberto e a entrada de Ronaldo no lugar de Ramon, suspenso. 

Trio de arbitragem

Árbitro: Raphael Claus-SP
Assistentes: Alex Ang Ribeiro-SP e Luiz Alberto Andrini Nogueira-SP

Trending