conecte-se conosco

BABahiaCEFortalezaPESérie ASportÚltimas

Basta um triunfo para Sport fugir do Z4; Fortaleza ainda precisa de mais

Veja cálculos, cenários e riscos de queda dos três nordestinos na Série A

Fotos: Divulgação

Publicados

em

O empate do Bahia com o Atlético-MG, na noite do último sábado, deixou Sport e Fortaleza, que ainda entram em campo no complemento da 36ª rodada, mais próximos da permanência na Série A. Sobretudo, inclusive, o time pernambucano, que necessita apenas de uma simples vitória (que pode vir nesta segunda, contra o Red Bull Bragantino), enquanto a equipe cearense precisa de um pouco mais (como também a derrota do Vasco neste domingo), apesar de ambos os Leões terem a mesma pontuação (41).

Isso ocorre por conta do número de vitórias, primeiro critério de desempate da competição, onde o Sport leva vantagem. Entenda os cálculos, cenários e riscos de queda dos três nordestinos na Série A. 

Sport (41 pontos, 12 vitórias e três jogos a disputar)

Atualmente, o Sport tem 41 pontos e ainda mais três jogos por disputar na Série A. Goiás (18º) e Bahia (16º), que possuem 36 e 38, respectivamente, só entram em campo mais duas vezes. Desta forma, ao time pernambucano, basta uma simples vitória em alguma das partidas restantes, mesmo que perca os outros dois duelos. 

Isso porque, com um triunfo, o Sport vai aos 44 pontos, pontuação máxima que o Esquadrão pode atingir. Porém, o Rubro-negro, neste cenário final, teria 13 vitórias, enquanto o Bahia ficaria com 12, com o time pernambucano levando, assim, vantagem no critério de desempate. Já o Esmeraldino alcança no máximo 42 pontos. 

Fortaleza (41 pontos, 10 vitórias e três jogos a disputar)

Atualmente, o time cearense tem 41 pontos e ainda três jogos por disputar na Série A. Goiás (18º) e Bahia (16º), que possuem 36 e 38, respectivamente, só entram em campo mais duas vezes.

E mesmo que o Leão do Pici termine a competição com 44 pontos, diferentemente do Sport, poderia não ser suficiente, já que é um número alcançável pelo Esquadrão, cujo critério de desempate, neste caso, é favorável ao time baiano .

Isso ocorre porque os dois times têm 10 vitórias. Ou seja, ao término da competição, se ambos finalizarem com os mesmos 44 pontos, o Bahia teria 12 triunfos e o Fortaleza 11.

Isso tudo a não ser que o Vasco (que tem 37 pontos), perca às 16h deste domingo para o Inter. Desta forma, o Cruzmaltino nos dois jogos restantes chegaria no máximo a 43, bastando, a partir deste cenário, apenas mais uma vitória para o Leão do Pici, que joga às 18h15 de hoje com o Palmeiras. Já o Esmeraldino alcança no máximo 42 pontos. 

Bahia (38 pontos, 10 vitórias e dois jogos a disputar)

Ao Esquadrão, é fazer a própria parte para chegar aos 44 pontos e secar. E nesta conta, não apenas Sport e Fortaleza, mas fundamentalmente o Vasco (nove vitórias), neste momento o principal concorrente, que possui 37 pontos e ainda três partidas a disputar, além do Goiás (nove vitórias), que tem 36 e dois jogos a realizar na competição.

O próximo compromisso do Bahia, inclusive, é contra o time cearense, ou seja, de importância ainda mais elevada para a equipe baiana, que pode tirar pontos de um rival direto. 

Jogos da 36ª rodada – luta contra a queda 

Goiás 2 x 0 Botafogo (último sábado)
Atlético-MG 1 x 1 Bahia (último sábado)
Vasco x Internacional (neste domingo, 16h)
Palmeiras x Fortaleza (neste domingo, 18h15)
Sport x Red Bull Bragantino (nesta segunda, 20h)

Probabilidade de rebaixamento, segundo a UFMG

Sport (14º lugar, 41 pontos e 12 vitórias): 0.60%
Fortaleza (15º lugar, 41 pontos e 10 vitórias): 3.3%
Bahia (16º lugar, 38 pontos e 10 vitórias): 49.1%
Vasco (17º lugar, 37 pontos e 9 vitórias): 62.6%
Goiás (18º lugar, 36 pontos e 9 vitórias): 84.4%

Fonte: Departamento de matemática da UFMG, especialista em cálculos no Brasileirão

Trending