conecte-se conosco

BABahiaCEFortalezaSérie AÚltimas

Lutando contra o Z4, Fortaleza e Bahia fazem jogo decisivo no Castelão

Veja contexto da partida, provável escalação, trio de arbitragem e mais

Publicados

em

Separados por três pontos e apenas uma posição, próximos da zona de rebaixamento, Fortaleza e Bahia fazem um confronto decisivo neste sábado, às 21h, no estádio Castelão, pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro – apesar de inicialmente mantido para este horário, o MPCE recomendou que o duelo respeito o toque de recolher.

Atualmente, o Leão do Pici está na 15ª colocação, com 41 pontos, enquanto o Esquadrão figura no 16º lugar, com 38. Segundo a UFMG, as chances de queda do Fortaleza são de 3.4% e do Bahia, 38.3%.

Contas para fugir da queda nesta rodada 

Fortaleza

O Leão do Pici depende apenas de si e pode escapar em caso de vitória, já que abriria seis pontos para o Esquadrão. Se empatar, o Fortaleza teria que torcer para o Vasco (37 pontos, pega o Corinthians, fora) e Goiás (36 pontos, pega o Bragantino, fora) tropeçarem, uma vez que, assim, manteria ao menos quatro pontos de distância para os dois, tornando-se inalcançável a uma rodada do fim. 

Caso seja derrotado, aí o time cearense teria que torcer para o Esmeraldino tropeçar e o Cruzmaltino necessariamente perder – se o Vasco empatar, diminuiria a distância para três pontos e, ainda assim, o Leão do Pici só poderia vir a ser rebaixado na rodada final pelo critério de saldo de gols, já que, ali, um novo revés do Fortaleza e um triunfo do time carioca os deixariam igualados na pontuação e no número de vitórias. 

Atualmente, o Leão do Pici tem vantagem de 16 gols no quesito em relação ao Vasco (menos seis contra menos 20).

Bahia 

O Esquadrão só crava a permanência nesta rodada em caso de triunfo sobre o Fortaleza aliado a um tropeço do Vasco (37 pontos, pega o Corinthians, fora) e Goiás (36 pontos, pega o Bragantino, fora), pois abriria, pelo menos, três pontos para o Cruzmaltino e, faltando uma rodada para o fim da competição, teria duas vitórias a mais que o concorrente (11 contra 9), tornando-se inalcançável no critério de desempate.

Caso empate ou perca, o Bahia segue correndo risco de queda, já que mesmo que o Vasco e o Esmeraldino sejam derrotados, ainda poderia ser superado por eles na última rodada. 

Opções – ausências e retornos – Fortaleza

Para o confronto, o técnico Enderson Moreira não tem jogadores suspensos ou novos casos de lesão. Pelo contrário: o meia Luiz Henrique, ausente contra o Palmeiras por dores no quadril, deve voltar a ser opção normalmente.

Opções – ausências e retornos – Bahia

Para o duelo, o técnico Dado Cavalcanti não terá à disposição João Pedro, com Covid-19, e Mateus Claus, com lesão na coxa. Porém, o treinador ganhou os retornos de Ramon, Edson, Thiago e Alesson, recuperados de coronavírus; de Douglas, recuperado de desconforto no joelho; e de Gilberto, recuperado de incômodo muscular.

O time – Fortaleza 

Possíveis mudanças no Leão do Pici são a entrada de Luiz Henrique, que volta a ser opção, e do volante Juninho. Assim, deixariam o time Romarinho e Ronaldo. 

O time – Bahia 

Dentre as mudanças, o Esquadrão terá Gilberto e Douglas retornando à titularidade. A principal dúvida é a saída ou não de Patrick de Lucca para a entrada do atacante, já que o volante foi bem contra o Galo, onde o Tricolor teve um trio no setor. Caso permaneça, Rodriguinho ou Gabriel Novaes são outras alternativas para deixar a equipe.

Trio de arbitragem 

Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira-SP
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis-SP e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa-SP

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending