conecte-se conosco

CEFortalezaSérie AÚltimas

Enderson admite Fortaleza aquém em reta final, mas valoriza permanência

Foto: Reprodução/TV Leão

Publicados

em

Nem de todo ruim. Após a derrota por 2 a 0 para o Fluminense nesta quinta-feira, pelo fechamento da Série A – e que também culminou no terceiro revés consecutivo do Leão do Pici -, o técnico Enderson Moreira fez um balanço do tempo em que esteve à frente dos cearenses nesta reta final de campeonato e, mesmo reconhecendo atuação ‘aquém’ nos últimos jogos, fez questão de enaltecer a permanência assegurada pelo time na elite em 2021.

Com o revés, o time terminou a Série A na 16ª colocação, com 41 pontos, três a mais que o Vasco, primeiro que abriu a zona da degola. Nesta temporada, o Tricolor chegará a sua terceira participação consecutiva no Brasileiro, algo inédito para o clube e cujo feito foi também enaltecido por Enderson Moreira. Veja abaixo o depoimento do treinador.

Balanço do Trabalho

“Eu acho que quando eu fui contratado para assumir o Fortaleza, naquele momento muito difícil e houve varias mudanças, o objetivo principal era manter o clube na Série A. E quando você chega nesse momento, tem que fazer algumas adaptações. Você não pode radicalizar porque isso traz muitos traumas. Tivemos momentos muito bons, e foram vitórias que nos deixaram com essa possibilidade de permanecer e isso também tem que ser lembrado. Nós tivemos um final muito aquém daquilo que a gente pode oferecer e esperar. A gente não sabe se isso foi fruto de resultados que nos deixaram numa situação favorável, mas fato é que a gente buscou e tentou se mobilizar”.

Futuro no Fortaleza/Projeção para 2021

“Os últimos três jogos foram apresentações que não representaram aquilo que a gente tinha construído. Agora é um novo momento, uma nova forma, uma maneira diferente. Acho que agora eu posso colocar em prática de uma maneira mais firme as minhas ideias, aquilo que eu penso e acima de tudo fazer com que o Fortaleza possa vir a ter uma temporada ainda melhor. Temos que enaltecer a nossa permanência, porque é o terceiro ano seguido na Série A dos pontos corridos e isso é inédito”.

Trending