conecte-se conosco

BACopa do NordestePESanta CruzÚltimasVitória

Na estreia da Copa do Nordeste, Vitória se impõe, mantém tabu e bate Santa Cruz

Publicados

em

Na estreia da Copa do Nordeste 2021, quem teve mais disposição e se postou melhor em campo mereceu o resultado. Mesmo ambas as equipes demonstrando diversas carências neste começo de temporada, o Vitória fez valer o seu mando de campo, se impôs, e bateu o Santa Cruz por 2 a 0 na tarde deste sábado (27), no Barradão. O resultado mantém o tabu da Cobra Coral nunca ter vencido o Leão em Salvador, em jogos oficiais.

Confira a classificação da Copa do Nordeste

O triunfo dá moral ao Rubro-negro, que volta a entrar em campo na próxima quarta-feira (3), contra o Jacuipense, pelo Campeonato Baiano, às 19h30, no Barradão. Enquanto isso, o Tricolor tenta se recuperar para o compromisso no Pernambucano, contra o Central, também na quarta, às 16h, no Lacerdão.

Correria sem qualidade

Em situações semelhantes no começo de temporada, Vitória e Santa Cruz vivem uma reconstrução de elenco e, com isso, a falta de qualidade e coesão de cada time é mais latente. Por outro lado, ao menos compensaram em vontade e entrega para deixar a estreia na Copa do Nordeste 2021 mais interessante. Dentro de casa, o Leão buscou se lançar ao ataque, principalmente em descidas pelos lados do campo. O lado direito com o lateral Van era uma das válvulas de escape, já que o Tricolor não possui um ala de ofício por aquele setor. Vinícius Balotelli, atacante, jogou improvisado e teve dificuldade para acompanhar as investidas adversárias.

Apesar do ímpeto, marcando a saída de bola coral e recuperando a posse no campo de ataque, o Rubro-negro sofreu muito no setor de criação. Errou bastante passe e, nas vezes que finalizou, não levou perigo ao goleiro Jordan. Enquanto que o Santa Cruz, ao perceber as várias brechas deixadas na defesa, saiu do 3-5-2 e foi para o 4-3-3, com Célio Santos deslocado para a lateral esquerda e Balotelli para a ponta. Com problemas na saída de bola, o Tricolor foi sonolento. Ajustou a marcação com a alteração tática, mas foi inoperante no ataque. O primeiro tempo acabou com nenhum dos times chegando ao gol com perigo.

Leão mais ajustado

A etapa final veio com o Vitória melhor postado e mais agressivo. Manteve a marcação alta, mas começou a errar menos passes. O Santa Cruz não apresentou grande melhoria e os donos da casa tentavam aproveitar, principalmente pelos lados. A primeira oportunidade criada pelo Leão, aos oito minutos, após um chute, a bola resvalou na marcação e sobrou no lado esquerdo da grande área para o volante Gabriel Bispo. Mesmo sem ângulo, ele encheu o pé e Jordan espalmou.

Santa Cruz inoperante, Vitória aproveitou

Melhor no jogo e com mais presença no campo de ataque, o Rubro-negro abriu o placar quando encontrou espaço. Aos 25, Van carregou pela direita, tabelou com Fernando Neto, teve espaço e se aproximou da grande área. De lá, encheu o pé num chute cruzado, abriu o placar e marcou o primeiro gol da fase de grupos da Copa do Nordeste 2021. A bola ainda bateu na trave antes de entrar. Sem chances para Jordan.

Com várias mudanças, o Santa Cruz tentou se lançar ao ataque, mas não surtiu efeito. O Vitória se fechou mais na defesa, baixando as linhas de defesa, e esperava o Tricolor no seu campo. Desta forma, foi achando contra-ataques e, em uma dessas brechas, David arrancou pela esquerda, invadiu a área e foi derrubado por Danny Morais. Fernando Neto cobrou bem, deslocando o goleiro e ampliou aos 37 minutos. Nesta largada da Copa do Nordeste, melhor para os baianos.

Ficha do jogo

Vitória

Yuri; Van, João Victor, Wallace e Leocovick (Pedrinho); Gabriel Bispo, Fernando Neto e Soares (Hítalo); Vico (João Pedro), David (Ruan Levine) e Samuel (Aníbal). Técnico: Rodrigo Chagas.

Santa Cruz

Jordan; Danny Morais, William Alves e Célio Santos (Eduardo); Augusto Potiguar, Ítalo Henrique (Léo Gaúcho), Paulinho, Didira e Vinícius Balotelli (João Cardoso); Chiquinho (Caetano) e Pipico. Técnico: João Brigatti.

Local: Estádio Barradão, em Salvador-BA. Gols: Van, aos 25′ do 2ºT, Fernando Neto, aos 37′ do 2ºT (VIT). Cartões amarelos: Wallace, Gabriel Bispo e João Pedro (VIT); Caetano e Danny Morais (SCZ).

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending