conecte-se conosco
Saulo Mineiro, atacante do Ceará Saulo Mineiro, atacante do Ceará

BACECearáCopa do NordesteÚltimasVitória

Com segundo tempo cheio de gols, Ceará bate Vitória pela Copa do Nordeste

Foto: Felipe Santos/ Ceará SC

Publicados

em

Se no primeiro tempo faltaram oportunidades claras, o segundo tempo reservou as maiores emoções da partida. O Ceará conseguiu se impor, incomodou e bateu o Vitória por 3 a 1 na Arena Castelão, pela Copa do Nordeste. Destaque para as atuações de Saulo Mineiro, com dois gols, e de Victor Jacaré, com um gol e uma assistência.

O Ceará volta a entrar em campo no próximo sábado (13), pela Copa do Nordeste, diante do Altos, no Piauí. A partida está marcada para as 16h. Enquanto que o Vitória encara uma longa viagem para enfrentar o Águia Negra-MS, pela Copa do Brasil, já nesta terça-feira (9), às 19h15.

Confira a classificação da Copa do Nordeste

Início corrido, mas sem grandes chances

Na Arena Castelão, o jogo começou movimentado. Mesmo fora de casa, o Vitória não se intimidou e tentava se impor, mantendo a posse de bola no campo adversário e arriscando chutes de fora da área. Com um meio de campo mais precavido, porém técnico com a volta de Guilherme Rend, o Leão entrou com uma trinca formada por ele, Gabriel Bispo e Fernando Neto. 

O Ceará demorou a se ajustar, mas começou a ganhar campo e apostava bastante nas investidas de Saulo Mineiro, que voltava para procurar jogo e conduzia em busca de espaços. Aos 26, o Vitória chegou com Vico, mas Richard caiu bem no canto para defender. Aos 31, o Vozão respondeu com Marlon. O meio-campista recebeu dentro da área, saiu de cara com Yuri mas bateu em cima do goleiro.

Mas o lance mais perigoso veio aos 38 minutos. Kelvyn tabelou com Saulo Mineiro e bateu de primeira da entrada da área. A bola pegou efeito e explodiu na trave direita do Rubro-negro. Foi o lance mais claro do primeiro tempo, que terminou com os donos da casa mais presentes no ataque.

Cenário semelhante, mas o Ceará aproveitou

A etapa final teve seu começo com o Vitória buscando o ataque, principalmente investindo pelos lados com Vico e David, mas não conseguia finalizar com perigo. O Ceará voltou a se impor e aos 18 minutos, Victor Jacaré, que havia acabado de entrar no segundo tempo, abriu o placar. Num contra-ataque, Marlon enfiou a bola para o atacante, que esperou o quique da bola para encher o pé e estufar as redes. Sem chance para o goleiro.

Vacilo da zaga e Vitória aproveitou

Se o Vozão mantinha o domínio da partida, o Leão não se acovardou e tentava buscar o empate. Mesmo sem incomodar o goleiro Richard, acabou encontrando espaço numa bobeira da zaga cearense. Após lançamento, Klaus não cortou a bola e protegeu mal para a chegada de Richard. David, que estava na disputa, foi mais rápido, tomou a dianteira e foi empurrado pelo zagueiro. Pênalti marcado e convertido por Vico, aos 33, deslocando o goleiro alvinegro.

Ajuste para garantir o triunfo

O Ceará tentou revidar aos 35 com Victor Jacaré, que recebeu dentro da área e bateu forte para boa defesa de Yuri, que espalmou. Indo para o abafa, enquanto os visitantes se resguardavam, o Vozão insistiu e conseguiu desempatar. Jacaré, de novo, brigou pela bola e tomou de Van no lado esquerdo de ataque. O ponta cruzou na cabeça de Saulo Mineiro, que tentou duas vezes para fazer o segundo do Alvinegro na partida, aos 43 minutos. Ainda deu tempo de ampliar aos 47, com o próprio Saulo Mineiro. Ele recebeu na entrada da área e bateu forte, garantindo o triunfo alvinegro.

Ficha do jogo

Ceará

Richard; Eduardo, Klaus, Gabriel Lacerda e Kelvyn; Pedro Naressi, William Oliveira (Oliveira), Marlon (Felipe Baxola), Wescley (Victor Jacaré) e Saulo Mineiro; Felipe Vizeu (Rick). Técnico: Guto Ferreira.

Vitória

Yuri; Van, João Victor, Wallace e Pedrinho; Gabriel Bispo, Guilherme Rend (João Pedro) e Fernando Neto (Hítalo); David (Maykon Douglas), Vico e Samuel (Aníbal). Técnico: Rodrigo Chagas.

Local: Estádio Rei Pelé, em Maceió-AL. Gols: Victor Jacaré, aos 18’ do 2ºT, e Saulo Mineiro, aos 43’ e 47’ do 2ºT (CEA); Vico, aos 33’ do 2ºT (VIT). Cartões amarelos: Eduardo e Pedro Naressi (CEA).

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending