conecte-se conosco
Germán Conti, do Benfica, e Óscar Ruíz, do Benfica, são alvos do Bahia para esta temporada Germán Conti, do Benfica, e Óscar Ruíz, do Benfica, são alvos do Bahia para esta temporada

BABahiaBaianoCopa do NordesteÚltimas

Veja quem são os dois estrangeiros especulados no Bahia

Fotos: Tânia Paulo/SL Benfica e Cerro Portenho/Reprodução

Publicados

em

Na busca por reforços para este início de temporada, o Bahia possui dois alvos estrangeiros. Um deles é o zagueiro argentino Germán Conti, de 26 anos, do Benfica. De acordo com o GE, o Esquadrão tem negociações avançadas com os Encarnados para acertar a vinda do atleta em um empréstimo gratuito até o fim da temporada. O outro é o meia paraguaio Óscar Ruiz, de 29 anos, do Cerro Portenho-PAR. A informação tem circulado pela imprensa do Paraguai e as tratativas estariam próximas de um acerto. Confira a análise sobre os dois atletas que estão no radar do Bahia.

Quem é Germán Conti?

Conti tem uma grande identificação pelo pelo Colón-ARG, clube onde foi revelado. Iniciou desde as categorias de base no time de Santa Fé. Ao todo, atuou cinco anos na equipe e chegou até a ser capitão, mesmo com pouca idade. Ao todo, disputou 121 jogos e marcou cinco gols. Em 2018, foi vendido ao Benfica por 3,5 milhões de euros. Logo na sua primeira temporada, sagrou-se campeão português e disputou dez partidas ao longo do primeiro ano em terras lusitanas.

Por outro lado, o argentino nunca chegou a cumprir as expectativas criadas no clube português pelo seu desempenho. Depois disso, foi jogar no Atlas-MEX por empréstimo por duas temporadas, tendo retornado para 2020/2021. Sem ser aproveitado no Encarnado desde que retornou, o atleta tem um caminho sem tantos obstáculos para ser emprestado.

Zagueiro alto, com 1,93m, chegaria para ajudar a corrigir um dos problemas do Bahia, que sofreu com a bola aérea na última temporada, além da contestação do seu setor defensivo num todo.

Quem é Óscar Ruiz?

Meia canhoto, Ruiz ainda não possui experiência jogando fora do seu país natal. Com 1,7m, é um meia que gosta de pisar na área para finalizar. No Cerro Portenho-PAR, jogou tanto pelo meio, quanto pelos lados – principalmente o esquerdo -, com liberdade para infiltrar fazendo o “facão”. Ele está há cinco temporadas no clube de Assunção, disputou 148 jogos e balançou as redes 36 vezes. Ruiz tem sido titular no Cerro neste começo de Campeonato Paraguaio, onde iniciou cinco dos seis confrontos entre os 11 iniciais.

Jogador de mobilidade e versátil, pode agregar por atuar em diferentes posições no setor ofensivo. Por outro lado, não é um atleta velocista. Gosta de partir para o drible e criar tabelas se aproximando dos companheiros para o toque. Pode se tornar uma boa opção ofensiva para o Bahia.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending