conecte-se conosco

Copa do BrasilPESportÚltimas

Árbitro relata negativa de retorno do Sport para justificar encerramento de jogo

Publicados

em

Na madrugada desta quinta-feira (11), a CBF publicou a súmula da partida entre Juazeirense e Sport, válida pela primeira fase da Copa do Brasil. Jogo encerrado quando ainda restavam cinco minutos a serem disputados, após uma segunda queda de energia nas torres de iluminação do estádio Adauto Morais e com o time baiano vencendo por 3 a 2, placar que lhe garantia a classificação para a segunda fase.

No documento, o árbitro Ramon Abatti, de Santa Catarina, relata que decidiu encerrar a partida após a negativa do Sport em retornar ao jogo. A decisão sobre a classificação à próxima fase deve ir a julgamento no Superior Tribunal de Justiça Desportiva. A diretoria rubro-negra enviou ofício à CBF solicitando uma perícia técnica no estádio, especialmente nos refletores.

De acordo com o relato feito pelo árbitro, após a segunda queda de energia, foi tomada a decisão para o reinício da partida, mesmo sem as condições ideais de iluminação. O que foi informado aos capitães dos dois times. Já nesse primeiro momento, o lateral Patric, capitão do time pernambucano, relatou que esperaria o retorno total da iluminação.

Assim, houve uma nova espera de 20 minutos e depois de mais 10 até que o árbitro tomou a decisão de retomar o jogo, quando houve, segundo Ramon Abatti, a negativa do Sport em voltar a campo. A partir daí, o confronto foi dado por encerrado. 

“Informo que aos 50 minutos do segundo tempo houve uma queda de energia em duas torres de iluminação do estádio, fato este que impossibilitou a sequência do jogo. Após 20 minutos de paralisação, a iluminação se restabeleceu e a partida foi reiniciada. Aos 51 minutos houve nova queda de energia e a iluminação ficou novamente insuficiente, após 30 minutos os refletores foram parcialmente religados. Mesmo nessas condições, decidi com a equipe de arbitragem que havia condições de reinício de jogo e comuniquei as equipes mediante seus capitães o sr. Wagner Henrique dos Santos Silva, nº 05 da equipe mandante e o sr. Patric Cabral Lalau, nº 02 da equipe visitante. Nesse momento, o capitão da equipe visitante informou que iria esperar o retorno da iluminação total”, iniciou a descrição o árbitro Ramon Abatti, na súmula.

“Aguardei mais 20 minutos para ver se a condição melhorava, o que não aconteceu. Novamente conversei com os capitães das equipes e informei que a partida seria reiniciada em 10 minutos, já que para mim a iluminação era suficiente. Solicitei que comunicassem suas equipes que havia condições de jogo. Transcorridos estes 10 minutos, me posicionei com equipe de arbitragem no campo de jogo para o reinício dos 5 min restantes da partida. A equipe mandante posicionou-se prontamente para o reinício. Porém a equipe visitante negou-se a se posicionar para o reinício da partida. Assim me dirigi ao banco de reservas onde a equipe se encontrava e fui informado pelo capitão sr. Patric Cabral Lalau que a equipe não retornaria para reinício do jogo. Diante da negativa da equipe do Sport em não retornar a formação para o reinício do jogo, informei a todos que por este motivo a partida estava encerrada”. concluiu.

Trending