conecte-se conosco
Estádio dos Aflitos, Náutico Estádio dos Aflitos, Náutico

NáuticoPEPernambucanoÚltimas

Ação por quebra de pré-contrato com lateral Panda, em 2014, gera leilão da sede do Náutico

Foto: Tiago Caldas/Náutico

Publicados

em

Depois de um fim de ano onde o Náutico evitou diversas execuções de ações trabalhistas e conseguiu também tombar como imóvel especial de preservação do Recife, mais um processo chega às mãos do clube. Desta vez, trata-se de uma ação no valor de R$ 274 mil movida pelo lateral-esquerdo Panda, que sequer atuou pelo Timbu. Com isso, a sede do clube, localizada no bairro dos Aflitos, foi à leilão.

O atleta estava no Santa Cruz em 2014 e assinou um pré-contrato com o Alvirrubro. Só que, depois de deixar o rival e se dirigir ao Náutico, a gestão da época rescindiu unilateralmente o acordo. Com isso, o processo vem se arrastando e chegou à fase de execução. O departamento jurídico do Náutico garantiu que buscará suspender leilão e entrar em acordo com Panda.

“O clube está ciente do leilão, do caso desse ex-jogador (Panda) do clube, onde, absurdamente, quem estava no comando na época simplesmente descumpriu o pré-contrato. Então o clube tem uma ação no valor de R$ 274 mil de um atleta que sequer entrou em campo. Já estamos analisando o processo e vamos pedir, assim que concluirmos esse trabalho de análise, a suspensão do leilão, que é o que a gente vem fazendo em todos os outros casos. Em paralelo a isso, vamos tentar viabilizar um acordo”, afirmou o vice-presidente jurídico do Náutico, Bruno Becker, ao NE45.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending