conecte-se conosco
Santa Cruz Santa Cruz

Copa do BrasilPESanta CruzÚltimas

CBF negocia e jogo do Santa Cruz pela Copa do Brasil pode ir para Brasília ou Cuiabá

Foto: Ascom/Santa Cruz

Publicados

em

O jogo do Santa Cruz contra o Ypiranga-AP, pela primeira fase da Copa do Brasil, foi adiado por conta de decreto publicado pelo Governo do Estado de Goiás, onde as restrições de circulação foram aumentadas devido ao grande número de casos de covid-19. A partida, que seria realizada nesta quarta-feira (17), foi adiada para a quinta (18), ainda sem local e horário definidos. Porém, a CBF tem se movimentado e negocia para que a partida seja realizada em Brasília ou Cuiabá.

A informação foi divulgada pelo Diario de Pernambuco e confirmada pela reportagem do NE45. Em contato rápido, o presidente da Federação Pernambucana de Futebol, Evandro Carvalho, disse que ainda não há acerto por parte da CBF com as autoridades do Distrito Federal e Mato Grosso. “Já estamos desde ontem em contato, negociando, tanto para Brasília, quanto para Cuiabá. Mas ainda não temos nada fechado”, falou Evandro.

Na questão da logística, a ida para Brasília é a melhor possível. São, aproximadamente, 200 quilômetros de distância para Goiânia, enquanto que o trajeto para Cuiabá é de quase 900 quilômetros. Além do duelo do Santa Cruz, que aconteceria no estádio Antônio Accioly, na capital goiana, outros dois jogos envolvendo clubes nordestinos, e que seriam realizados em Goiás, sofreram alteração. O CRB iria encarar o Goianésia-GO em Goianésia, e o Ferroviário enfrentaria o Porto Velho-RO no mesmo local que o Tricolor pernambucano.

Santa Cruz na espera da definição

O Tricolor foi pego de surpresa com a decisão do Governo de Goiás, onde as partidas de futebol seriam suspensas. Não somente do Campeonato Goiano, mas também as da Copa do Brasil. Desta forma, o clube se encontra numa situação de “mãos atadas”, onde só resta esperar por uma decisão da CBF para a realização do jogo.

“Recebemos assim como todo mundo recebeu: inesperadamente. O que a gente pode fazer? Nós somos regulados pela CBF e existem os protocolos de segurança do Governo do Estado de Goiás. Não temos muito o que falar, nem achar bom ou ruim. Temos que esperar a solução do órgão regulador do campeonato”, afirmou o presidente do Santa Cruz, Joaquim Bezerra.

Trending