conecte-se conosco

PESportÚltimas

Jair prega cautela com reforços no Sport e projeta uso gradativo

Técnico destacou a necessidade de ritmo e adaptação ao estilo do time

Publicados

em

Contratações sempre geram curiosidades, especialmente nos torcedores, que querem ver mais daqueles jogadores e imaginar o quanto eles podem ajudar o clube do coração. No caso do Sport, porém, a tendência é os rubro-negros observem de maneira paulatina neste início de temporada, conforme indicou o técnico Jair Ventura. 

VEJA MAIS: Confira aqui outras notícias do Sport

Isso porque, após a derrota para o Bahia, o treinador indicou, em entrevista coletiva, que as contratações ainda precisam adquirir uma melhor forma, além da necessidade de se adaptar ao estilo do Sport. Por conta das punições no BID, aliás, o clube só conseguiu regularizar as peças para o jogo do último sábado.

“Sobre as estreias, não é simplesmente colocar peças. Tem que passar os comportamentos, ideias, filosofias, para atletas que estão há dois ou três dias conosco. Não é uma desculpa pelo resultado, mas encaixe por um time que não encaixa da noite para o dia. São peças novas chegando, jogadores há um mês sem jogar”, iniciou.

“Não teremos tempo, vamos ter que fazer ajustes durante os jogos, de maneira gradativa e lançando os jogadores que não estão na melhor forma física e na nossa ideia e modelo de jogo já implementados. Mas teremos um time bem mais forte quando tivermos esse conjunto, essa conexão com os todos os atletas em plenas condições, principalmente físicas”, acrescentou Jair.

Dos reforços, estrearam na goleada para o Bahia os atacantes Neílton e Toró, acionados no segundo tempo. Além deles, o meia Thiago Lopes e o atacante Maxwell ainda aguardam regularização para poder entrar em campo.

“Ficou claro que eles ainda estão se adaptando. Neílton ficou um tempo sem treinar no Coritiba acertando a vinda dele para cá e acabou fazendo dois treinos conosco até estrear. Então eles não estavam aptos fisicamente para poder iniciar 90 minutos. Isso vai ser de maneira gradativa”.

“Lógico que temos pressa de vencer, com a camisa do Sport temos que dar uma resposta em todos os jogos, mas agora que temos os jogadores do BID podendo utilizá-los mesmo um mês sem jogar e as nossas peças de reposição estão chegando, cabe a nós encontramos uma equipe”, concluiu o treinador.

Trending