conecte-se conosco

NáuticoPEÚltimas

Náutico obtém outra vitória na Justiça contra Kevyn e aguarda multa caso atleta não se reapresente

Foto: Caio Falcão/CNC
Avatar

Publicados

em

O Náutico conseguiu mais uma vitória na disputa judicial com o lateral esquerdo Kevyn, que tenta romper o seu vínculo com o clube válido até o final de 2021. Na última segunda-feira, a Justiça do Trabalho negou o pedido do jogador por um mandado de segurança afim de conseguir sua liberação (antes outros dois pedidos já haviam sido rejeitados por falta de documentação). Agora, o departamento jurídico alvirrubro espera que a Justiça estipule uma multa diária a ser aplicada caso o jogador siga se negando a se reapresentar.

No dia 22 de fevereiro, Kevyn conseguiu uma liminar obtendo a rescisão unilateral do seu contrato com o Náutico alegando atrasos de salários e não recolhimento do FGTS. No entanto,

. Desde então, o lateral segue tentando reverter a situação, sem sucesso.

No meio desse imbróglio, Kevyn chegou a acertar sua ida para o CSA. Porém, como o jogador permanece com seu vínculo com o Náutico, está impedido de assinar com o clube alagoano. Na Série B do ano passado, o prata da casa disputou 20 partidas e conseguiu se firmar na equipe após a chegada do técnico Hélio dos Anjos, sendo titular em 12 oportunidades.

“O clube agora vai pedir a aplicação da multa diária porque já teve essa negativa no tribunal. Quem vai estipular o valor da multa será o juiz. Nós esperamos que essa decisão saia até amanhã (24). Porém, mesmo assim, se ele não se apresentar, vai ficar caracterizado o abandono de emprego. E aí ele terá que pagar outra multa. No caso, a multa contratual”, explicou o vice jurídico do Náutico, Bruno Becker.

Trending