conecte-se conosco

BABahiaCopa do NordesteÚltimas

Dado evita críticas a Douglas: “Nossa equipe como um todo errou demais”

Avatar

Publicados

em

O Bahia perdeu para o CSA por 2×0, nesta terça-feira (23), no Rei Pelé, com falhas do goleiro Douglas nos gols de Dellatorre e Marco Túlio. O técnico Dado Cavalcanti, no entanto, evitou analisar e criticar o desempenho do atleta individualmente. Para o treinador, o problema foi coletivo e principalmente no primeiro tempo, quando o placar foi construído.

“Eu procuro fazer uma avaliação fria após o jogo. Vejo os lances com mais rigidez para o meu julgamento. Hoje, saio lamentando. Mas não podemos credenciar o resultado do jogo por erros de apenas um atleta. Nossa equipe como um todo errou demais e que influenciou mais diretamente hoje do que em outras partidas”, analisou.

Mesmo com a derrota, o Bahia se mantém na liderança do Grupo A com sete pontos. Porém, com risco de ser ultrapassado por CRB e Ceará na sequência da rodada. Apesar da boa colocação na Copa do Nordeste, o desempenho da equipe tem oscilado e o próprio treinador reconheceu a instabilidade e segue tentando encontrar o equilíbrio do time.

“Já deixei claro que estamos em busca do equilíbrio dessa equipe. Fizemos um primeiro tempo muito abaixo e os erros foram acentuados. Isso influenciou diretamente no rendimento, na performance, na confiança e no resultado. Acho que a nossa equipe tem margem para evolução. É um momento de instabilidade. Temos que ter tranquilidade para ultrapassá-lo e fazer mais jogos eficientes para classificar”, destacou Dado Cavalcanti.

Por fim, o treinador manteve a confiança no seu trabalho no Bahia para a sequência da Copa do Nordeste. Dado acredita que com a chegada dos reforços, a equipe irá evoluir e ter o desempenho que se espera na temporada.

“Acredito muito e estou confiante no grupo que o Bahia está montando para 2021. O momento é de instabilidade, mas temos de procurar equilíbrio na equipe e nossas perspectivas são boas. É ter tranquilidade, procurar as soluções em casa para fazer jogos mais efetivos, os pontos necessários para chegar na próxima fase e, aí sim, chegar mais encorpado, com jogadores questão para vir”, concluiu.

Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending