conecte-se conosco

NáuticoPEPernambucanoÚltimas

Com dois gols de Vinícius, Náutico goleia o Vitória pelo Pernambucano

Publicados

em

O Náutico, mais uma vez, não teve um desafio de grande competitividade pelo Campeonato Pernambucano. Mas cumpriu a sua obrigação e, com um atropelo no primeiro tempo, construiu uma goleada sobre o Vitória sem muito esforço. Ao final, um tranquilo triunfo por 4×1, neste sábado (27), nos Aflitos. Os gols foram anotados por Vinícius, duas vezes, Erick e Jean Carlos, enquanto Danilo Quipapá descontou para os visitantes no segundo tempo.

Confira a classificação do Campeonato Pernambucano

O começo do Náutico no Estadual é avassalador. Ainda que não tenha tido um grande teste, faz a sua parte e lidera a competição com 100% de aproveitamento, 12 pontos, 13 gols marcados e apenas dois sofridos. Na próxima rodada, o adversário será o Salgueiro, apenas no dia 7 de abril, às 20h, no Cornélio de Barros. Já o Vitória é o lanterna com um ponto e receberá o Sete de Setembro, na Arena de Pernambuco, às 20h, na próxima quarta-feira (31).

Náutico goleia o Vitória e segue 100% no Pernambucano; 13 gols em 4 jogos

Paralisação no início

Um lance preocupante paralisou a partida logo no início. Na primeira jogada, Geovani e Palominha, do Vitória, se chocaram de cabeça e precisaram de atendimento médico. Palominha chegou a desmaiar, mas voltou para o jogo. Porém, aos dez minutos, o jogador caiu novamente desacordado e precisou deixar o estádio de ambulância. Como era a única ambulância no estádio, o árbitro autorizou o reinício da partida apenas quando um novo carro chegou ao estádio. Assim, a bola voltou a rolar depois de 15 minutos. Vale ressaltar que o jogo foi reiniciado com a chegada de um carro do Corpo de Bombeiros, que não é uma ambulância.

Atropelo alvirrubro

Sem muito esforço, o Náutico atropelou o Vitória na retomada do jogo e com destaque para Vinícius. Aos 28 minutos, o atacante recebeu na área, após um bate-rebate, e mandou no canto para abrir o placar. O segundo gol alvirrubro foi ainda mais fácil. O goleiro Preto tentou sair jogando com o pé, mas chutou em cima de Jean Carlos. A bola bateu no camisa 10 e morreu no fundo das redes.

O Tricolor das Tabocas tentou ameaçar nos contra-ataques. Porém, sem sucesso. Já o ataque do Timbu seguiu funcionando muito bem. Aos 41, Erick recebeu na ponta direita, avançou, passou por Danilo Quipapá e com categoria mandou no canto de Preto para marcar o terceiro. O quarto saiu novamente dos pés de Vinícius. O atacante recebeu de Jean Carlos, ajeitou e arrematou colocado para dar números finais ao primeiro tempo: 4×0.

Queda de rendimento

O ritmo do Náutico bem lento e a queda de rendimento aconteceu de forma natural. O time não teve o mesmo ímpeto, criou menos e viu o Vitória diminuir o placar. Aos 19 minutos, a bola foi lançada na área, Rafinha demorou a sair e deixou Danilo Quipapá em condição legal. O zagueiro, revelado na base do Timbu, dominou no peito e marcou o gol do Tricolor das Tabocas. Foi o único momento de grande destaque na etapa complementar. De resto, os alvirrubros levaram o jogo de forma protocolar para garantir mais três pontos.

Ficha do jogo

Náutico 4
Alex Alves; Hereda (Bryan), Trindade, Camutanga e Rafinha; Rhaldney (Rhaldney), Luiz Henrique (Marciel) e Jean Carlos (Matheus Carvalho); Erick, Vinícius (Giovanny) e Kieza. Técnico: Hélio dos Anjos.

Vitória 1
Preto; Léo Fernandes, Geovani (Juninho), Edivan e Rogério (Léo Carioca); Danilo Quipapá, Wellington e Diogo Peixoto (Careca); Palominha (William), Nathan e Marcelo Nicácio. Técnico: Laelson Lopes.

Local: Estádio dos Aflitos, no Recife. Gols: Vinícius (Náutico), aos 28 e aos 57 do 1ºT; Jean Carlos (Náutico), aos 39 do 1ºT; Erick (Náutico), aos 41 do 1ºT; Danilo Quipapá (Vitória), aos 19 do 2ºT. Cartões amarelos: Marciel (Náutico); Preto e Edivan (Vitória).

Foto: Tiago Caldas/CNC

Trending