conecte-se conosco
Fortaleza bateu o 4 de Julho pela Copa do Nordeste Fortaleza bateu o 4 de Julho pela Copa do Nordeste

CECopa do NordesteFortalezaPIÚltimas

Em jogo com primeiro tempo frenético e gol mal anulado, Fortaleza bate 4 de Julho no Piauí

Foto: Leonardo Moreira/ Fortaleza EC

Publicados

em

O primeiro tempo foi surreal pelas várias bolas na trave, sendo três delas dos donos da casa e uma dos visitantes, além de três bolas na rede. Desta forma, o Fortaleza bateu o 4 de Julho-PI por 2 a 1 no estádio Albertão, em Teresina-PI, e reagiu após tropeço na última rodada da Copa do Nordeste. Na etapa final, os piauienses ainda tiveram um gol mal anulado pela arbitragem, que poderia ter dado o empate neste sábado (27). Vale lembrar que o Colorado chegou para o duelo com cinco desfalques por causa da covid-19. Por outro lado, apesar do triunfo, o Tricolor fez mais uma partida ruim diante de uma equipe inferior tecnicamente e passou muito perto de sair com um resultado amargo.

Com o resultado, o Fortaleza retoma provisoriamente a liderança do Grupo B da Copa do Nordeste com 11 pontos. A depender dos resultados da rodada, o Leão do Pici pode ter encaminhado a sua classificação para as quartas de final. Enquanto isso, o 4 de Julho-PI acumulou a terceira derrota consecutiva e pode até terminar a rodada na lanterna do Grupo A, caso Treze e Santa Cruz vençam seus duelos.

Confira a classificação da Copa do Nordeste

Jogo frenético

Fora de casa, o Fortaleza tentou dominar as ações da partida com posse de bola e presença no campo ofensivo. Enquanto que o 4 de Julho-PI, mais retraído, buscava descidas em velocidade pelos lados do campo. Cada equipe à sua maneira chegava ao ataque e levava perigo. Só na primeira etapa, foram quatro bolas na trave, além dos três gols. E tudo isso começou cedo.

Aos nove minutos, o Leão do Pici levou perigo quando Igor Torres recebeu na linha de fundo e rolou para Gustavo Coutinho mandar no travessão. Um minuto depois, aos 10, foi a vez dos donos da casa responderem. De fora da área, Chico Bala soltou uma bomba de pé esquerdo e a bola foi no travessão de Boeck. O jogo seguia em ritmo acelerado e os gols saíram num intervalo de quatro minutos entre eles.

Aos 25, Gustavo Coutinho cruzou pela esquerda e Éderson, se antecipando bem diante da marcação, cabeceou para abrir o placar a favor dos cearenses. O 4 de Julho-PI ficou grogue, deu espaço e o segundo gol do Fortaleza saiu aos 27. David fez boa jogada individual, invadiu a área e rolou para trás, onde Coutinho só teve o trabalho de escorar para a meta. Mas, pouco depois, veio a resposta colorada. Aos 29, após cruzamento, Marcelo Boeck falhou e a bola ficou limpa para Índio empurrar para a barra aberta.

Na pressão pelo empate, os piauienses acertaram a trave novamente com Chico Bala, que recebeu de Vitor Recife e quase marcou. A blitz do Colorado seguiu intensa e aos 38 veio mais uma bola no poste. De muito longe, André Victor tentou a sorte e encheu o pé. A bola viajou e explodiu no travessão do Fortaleza, onde Boeck já estava batido no lance. Tudo isso diante de muita chuva e campo pesado. Frenético.

Ajustes deixam jogo com menos espaços e emoção

Depois de ceder muitos espaços para os donos da casa, o Fortaleza voltou melhor na marcação. Conseguiu ter um controle maior da partida sem sofrer tantos sustos. Da mesma forma, também teve mais dificuldades para levar perigo ao goleiro Jailson. Com o tempo, o Leão passou a esperar mais pelo 4 de Julho-PI, que não conseguia manter o mesmo ímpeto e não sabia muito o que fazer quando tinha a posse de bola. Abusou dos chutões, já que as condições do Albertão dificultavam uma partida com toques curtos, e o duelo ficou truncado, como era de se esperar.

Como a maior parte dos lances ofensivos vinham da bola aérea, assim o Colorado teve a sua grande chance do segundo tempo. João Pedro pegou o rebote da defesa após escanteio e cruzou para a segunda trave, onde Vitor Recife apareceu livre de marcação, mas mandou por cima do gol aos 28 minutos. Aos 30, João Pedro recebeu passe de calcanhar de Dudu Beberibe dentro da área e conseguiu empatar o duelo. O assistente, porém, anulou erroneamente o gol do 4 de Julho-PI. Depois desses lances, a partida ficou truncada até o fim, com muitas faltas, discussões e sem melhores oportunidades.

Ficha do jogo

4 de Julho-PI

Jailson; André Victor, Marcelo, Gilmar Bahia e Chico Bala; Vitor Recife, Rômulo (Edinaldo) e Hiltinho (Esquerdinha); Ted Love, Dudu Beberibe e Índio (João Pedro). Técnico: Flávio Araújo.

Fortaleza

Marcelo Boeck; Éderson, Jackson, Wanderson e Carlinhos; Matheus Jussa, Pablo e Matheus Vargas (Lucas Crispim); Igor Torres (Robson), David (Osvaldo) e Gustavo Coutinho (Wellington Paulista). Técnico: Enderson Moreira.

Local: Estádio Albertão, em Teresina-PI. Gols: Índio, aos 29′ do 1ºT (4DJ); Éderson, aos 25′ do 1ºT, e Gustavo Coutinho, aos 27′ do 1ºT (FOR). Cartões amarelos: Rômulo e Hiltinho (4DJ); Marcelo Boeck, Matheus Jussa, Igor Torres e Wellington Paulista (FOR).

Trending