conecte-se conosco

ALCopa do NordesteCSAPIÚltimas

CSA e 4 de Julho empatam no Rei Pelé pela Copa do Nordeste

Equipes seguem com chance de classificação; Colorado tem um jogo a menos

Foto: Augusto Oliveira/ CSA

Publicados

em

Tudo igual na noite deste sábado no Rei Pelé. Em um jogo movimentado, CSA e 4 de Julho empataram em 2 a 2 em confronto válido pela sétima rodada da Copa do Nordeste. O Colorado saiu na frente com Cinelton, o Azulão virou com Dellatorre e Marco Túlio, e o time piauiense deixou tudo igual com Dudu.

E agora?

Com o resultado, o CSA segue em segundo do grupo B, com dez pontos, enquanto o 4 de Julho fica em sétimo do grupo A, com seis (e um jogo a menos). Na sequência do Regional, o Azulão visita o Sampaio Corrêa, enquanto o Colorado recebe o Vitória.

O jogo

A partida começou bastante disputada, muito faltosa. E teve o 4 de Julho, mesmo fora de casa, tentando sair para o jogo, até porque precisava do resultado, e conseguiu ser mais perigoso, surprerndendo o Azulão. E a principal válvula ofensiva foi Hiltinho.

Aos dez, o meia deu bom passe para Dudu, que avançou na área mas bateu mal. Pouco depois, Hiltinho foi na linha de fundo e cruzou rasteiro, mas a defesa alagoana afastou. No lance seguinte, porém, o 4 de Julho conseguiu marcar: o meia fez bem o papel de pivô e serviu para Cinelton, da entrada da área, abrir o placar.

Em desvantagem, o CSA acordou. E pela primeira vez no jogo conseguiu impor certa pressão: dos 33 aos 38 minutos, ainda que mais no volume do que na organização. Primeiro, Norberto foi na linha de fundo e acertou o travessão em cruzamento. Depois, Yuri tentou chute cruzado e a bola passou perto. Por fim, Pimpão aproveitou cruzamento e cabeceou forte, mas parou em Jailson. O gol Azulão parecia maduro. E estava.

Aos 44 minutos, Marco Túlio recebeu lançamento e foi derrubado por Índio na área. Na bola, Dellatorre bateu bem e deixou tudo igual.

Segundo tempo

Para a etapa complementar, o CSA voltou como terminou o primeiro tempo: pressionando. E rapidamente foi recompensado. Após descida de Vítor Costa na lateral, Marco Túlio aproveitou rebote e finalizou bem, no canto de Jailson para desempatar. Superior em campo, o Azulão trocava passes e administrava. Porém, acabou traído pela própria estratégia.

Filemon errou na saída de bola, perdeu para Hiltinho que arrancou e serviu Dudu, que só tirou de Darley para empatar novamente.

A partir daí, o jogo ficou aberto, mas nervoso, com poucas chances. Incomodado, Mozart fez três mudanças em sequência, todas ofensivas, a fim de dar gás novo no ataque. E conseguiu pressionar no fim, sobretudo a partir de bolas alçadas na área.

Aos 34, Aylon deu bom chute de fora da área para defesa de Jailson. No lance seguinte, Ítalo aproveitou cruzamento de Silvinho e cabeceou caprichosamente, mas a bola passou muito perto. Aos 41, foi a vez de Bruno Mota receber lançamento e tentar de cabeça, mas o meia acertou o travessão.

0 4 de Julho, por sua vez, não conseguiu sair, ao menos se segurou como pôde na defesa para arrancar o empate.

Ficha

CSA

Darley; Norberto, Lucão, Rodolfo Filemon, Silas (Ítalo); Geovane, Gabriel, Marco Túlio (Aylon); Rodrigo Pimpão (Vítor Costa), Dellatorre e Iury (Silvinho). Técnico: Mozart

4 de Julho

Jaílson; André, Marcelo, Gilmar Bahia, Chico Bala; Cinelton, Edinaldo, Hiltinho; Dudu Beberibe, Índio (João Pedro) e Ted Love. Técnico: Flávio Araújo

Gols: Dellatorre e Marco Túlio (CSA); Cinelton e Dudu Beberibe (JUL)
Cartões amarelos: Geovane, Dellatorre (CSA); Jailson (JUL)

Trending