conecte-se conosco

ALCopa do NordesteCRBPEÚltimas

Em jogo animado, Salgueiro e CRB empatam pela Copa do Nordeste

Gol do Carcará foi uma pintura do meio de campo de Ciel; assista

Foto: Reprodução/ Nordeste FC
Avatar

Publicados

em

Em um duelo bastante movimentado, com muitas chances para os dois lados, Salgueiro e CRB ficaram no 1 a 1, na tarde deste domingo, no estádio Cornélio de Barros, pela sétima rodada da Copa do Nordeste. O Galo da Pajuçara abriu o placar com Ewandro, aos 38 minutos do segundo tempo, enquanto o Carcará empatou com Ciel, com um golaço do meio de campo, aos 40.

VÍDEO: assista aos golaços e aos melhores momentos do empate entre Salgueiro e CRB

E agora?

Com o resultado, o Carcará foi aos pontos, em sexto do grupo B, enquanto o CRB segue em segundo do grupo A, com 12. Na sequência do Regional, o Salgueiro visita o Ceará, enquanto o CRB recebe o Altos. Ambos próximo domingo.

O jogo

O duelo entre as equipes chamou atenção pelas falhas defensivas, que originaram muitas chances de gol tanto para o Carcará quanto para o Galo. Assim, a etapa inicial foi bem movimentado, com o Salgueiro superior na primeira metade, impondo alta intensidade, e o CRB melhor na metade final.

Logo aos quatro minutos, Felipe Baiano achou ótima enfiada de bola quebrando as linhas da defesa alagoana e achando Ciel, livre, entrando na área, mas o experiente atacante finalizou de bico e tirou demais da barra. No lance seguinte, Tarcísio arriscou de fora da área, no canto, mas Edson Mardden espalmou para fora. Aos 23, na melhor chance, Felipe Baiano tabelou com Tarcísio e deixou o atacante na cara do gol, mas o atacante finalizou para defesa de Diogo Silva.

Mudança de domínio

A partir de então, o Carcará diminuiu o ritmo. E o CRB entrou mais no jogo. De cara, após saída errada de Lucas nos pés de Lucão do Break, o atacante serviu Hyuri que entrou cara a cara, mas parou no goleiro que fechou o ângulo e fez boa defesa com os pés. Com maior participação de Diego Torres, o Galo cresceu e conseguiu criar mais. E inclusive marcou, mas foi anulado.

Aos 40 minutos, o argentino deu ótimo passe para Lucão do Break por trás defesa, que dominou e fez uma acrobacia para superar Lucas. Entretanto, o bandeira assinalou impedimento – pelas imagens, a defesa pernambucana, porém, dava condição, em um lance, diga-se, rápido e difícil.

A oportunidade mais clara, contudo, ainda estaria por chegar para o Galo. Após escanteio batido, Diego Ivo subiu sozinho e, na linha da pequena área, cabeceou forte, no chão, para grande defesa de Lucas, que se esticou todo evitando a abertura do placar.

Segundo tempo

A etapa complementar voltou como acabou o primeiro tempo: com o CRB melhor. E logo aos dois minutos o Galo teve um gol anulado. Após cruzamento, Calyson ganhou de Sinho na bola aérea e cabeceou forte, no canto, para abrir o placar. Porém, a arbitragem enxergou uma carga por trás do atacante – o lance pareceu normal, onde o alagoano levou a melhor pelo posicionamento e imposição física frente ao pernambucano.

Em seguida, Diego Torres aproveitou rebote da entrada da área e finalizou bem, no canto, de esquerda, mas parou novamente em Lucas, em nova ótima atuação na competição.

Inferior e precisando vencer, o técnico Daniel Neri fez mudanças, a fim de dar gás novo, dentre elas a entrada de Héricles. E a mudança surtiu efeito, já que foi do atacante a melhor chance do Carcará: em pivô feito, Héricles girou e bateu no canto, exigindo grande defesa de Diogo Silva, equilibrando mais as ações.

Enfim, gols

Após muitas chances desperdiçadas por ambos os lados, a reta final do jogo reservou um gol para cada lado. Após rebote da cobrança de escanteio, Ewandro acertou chutaço de fora da área, de primeira, sem chances para o Lucas, abrindo o placar para o CRB. Porém, a vantagem não durou nada. No recomeço do jogo ao bater o centro, Ciel arriscou e pegou Diogo Silva desprevenido, encobrindo o o goleiro.

Na reta final, as equipes tentaram desempatar, mas terminou tudo igual. Melhor para o CRB, que segue dependendo apenas de si para classificar.

Ficha

Salgueiro

Lucas; Sinho, Elenilson, Richard, Alan Pires; Bruno Sena, Felipe Baiano, Aruá (Raimundinho); Tarcísio, Ciel e Alison (Héricles). Técnico: Daniel Neri

Crb

Edson Mardden (Diogo Silva); Reginaldo, Gum, Diego Ivo, Guilherme Romão; Claudinei, Diego Torres; Calyson (Ewandro), Hyuri, Lucão do Break e Luidy. Técnico: Roberto Fernandes

Gols: Ewandro (CRB); Ciel (SAL)
Cartões amarelos: Héricles (SAL); Claudinei, Diego Torres, Luidy (CRB)

Trending