conecte-se conosco

PESportÚltimas

Novo executivo do Sport fala em busca por técnicos experientes e também emergentes

Foto: Anderson Stevens/Sport Club do Recife
Avatar

Publicados

em

Nova peça na engrenagem do futebol do Sport, o executivo Nei Pandolfo concedeu nesta terça-feira (13) sua primeira entrevista coletiva após o retorno ao clube, onde trabalhou de 2013 a 2015. E como não poderia deixar de ser, o principal assunto abordado na apresentação foi a busca rubro-negra pelo novo técnico da equipe. 

Sem citar nomes, Pandolfo falou apenas do perfil buscado no mercado. E ampliou o leque. Além dos nomes experientes (após encerrar negociação com Dorival Júnior, a diretoria fez proposta para Luiz Felipe Scolari e tem no radar Vanderlei Luxemburgo), o clube também estuda a possibilidade de um técnico emergente, segundo o executivo.

“Estamos trabalhando nomes com experiência e ao mesmo tempo jovens promissores com bons resultados. O momento é difícil e nós temos um ano atípico nesse aspecto com relação a treinadores, com número reduzido em relação a trocas (cada clube só poderá demitir um técnico durante o Campeonato Brasileiro). Então temos que ter uma preparação muito assertiva nesse sentido”, analisou Pandolfo.

“Estamos discutindo vários nomes. Temos treinadores experientes e treinadores mais jovens. Mas todos eles com resultados práticos dentro de campo e isso é o mais importante. O técnico pode ser jovem com relação ao tempo de carreira, mas com boa experiência. Estamos trabalhando nessas duas frentes e a maior dificuldade, sem dúvida, é a questão financeira. Não é fácil competir com outras equipes de orçamento maior que o nosso ou às vezes tentar tirar um treinador de uma equipe que já está estabilizada”, completou.

 Ainda segundo Pandolfo, a ideia é acertar com o novo técnico o mais rápido possível. Mas os próximos resultados da equipe poderão colocar uma maior ou menor pressão nessa busca. O Sport entra em campo nesta quarta-feira, contra a Acadêmica Vitória e no domingo, frente o Sete de Setembro, ambos pelo Campeonato Pernambucano.

“O grau de urgência depende dos resultados que vamos ter no momento. É lógico que se a gente tiver bons resultados nos dois próximos jogos a gente ganha um fôlego para trabalhar com calma essa questão do nome a ser contratado. Ao mesmo tempo esse trabalho já vem sendo feito pela diretoria e nós nos juntamos a essa busca para trazer um treinador qualificado dentro das condições do clube”, destacou.

“Sabemos que as condições financeiras são difíceis. Mas ao mesmo tempo sabemos a vitrine que é o Sport e que projeta qualquer profissional no mercado que esteja tendo rendimento. Essa é uma das vantagens que o Sport leva”, concluiu.

Trending