conecte-se conosco

BAÚltimasVitória

Goleiro pede rescisão com Vitória alegando 16 meses de atraso salarial

Foto: Maurícia da Matta / EC Vitória
Avatar

Publicados

em

Alegando 16 meses de atrasos salariais, o goleiro João Gabriel, de 29 anos, entrou com uma ação na Justiça para pedir a rescisão indireta do seu contrato junto ao Vitória, que vai até dezembro deste ano. A informação foi publicada pelo site Galácticos. O valor da ação pedida pelo jogador é de R$ 887.918.

Contratado em 2018, João Gabriel disputou apenas nove partidas pelo Vitória e no ano passado foi emprestado ao Sampaio Corrêa onde também foi pouco aproveitado (disputou apenas quatro partidas). De volta ao Vitória no início da temporada, vinha treinando em separado, sem ser aproveitado pelo técnico Rodrigo Chagas.

“João não recebe há 16 meses. Tentamos por diversas vezes um acordo em relação à volta do recebimento do que ele tem direito, até agora nenhum momento foi cumprido. O Vitória deixou bem claro que não conta mais com ele no plantel. Não houve outra alternativa que não fosse nossa entrada na Justiça até para que seja cumprido o que foi combinado”, afirmou o empresário do jogador, Gustavo Carmo, em entrevista ao GE.

Ainda segundo o agente do atleta, o Vitória tentou rescindir o contrato com João Gabriel, porém com uma proposta que não agradou ao jogador. “Rescisão contratual é uma coisa que foi pedido pelo Vitória. Já vem há algum tempo tentando fazer a rescisão. Só que o Vitória quer fazer uma proposta que para nós é inaceitável. O João tem um valor a receber, e o Vitória quer pagar quase um terço. Isso a gente não vai receber. A questão de pedirmos a rescisão é uma questão que pode ser conversada”, completou.

Também ao GE o diretor jurídico do Vitória, Dilson Pereira, afirmou que o clube ainda não foi notificado da ação movida pelo goleiro.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending