conecte-se conosco

ALBABahiaCopa do NordesteCRBÚltimas

Bahia goleia CRB em Pituaçu e pega o Fortaleza na semi do Nordestão

Esquadrão se impôs diante de um Galo que nem defendeu, nem assustou

Avatar

Publicados

em

Avassalador, o Bahia passou por cima de um inofensivo CRB e goleou por 4 a 0, na tarde deste sábado, no estádio de Pituaçu, pelas quartas de final e conquistou a classificação na Copa do Nordeste. Os gols do Esquadrão foram marcados por Matheus Bahia e Thaciano, no primeiro tempo, e Gilberto e Rossi, na etapa complementar.

VÍDEO: veja os melhores momentos da goleada do Bahia sobre o CRB

E agora

Com o triunfo, o Esquadrão chegou à semifinal da competição, onde vai enfrentar o Fortaleza – que bateu o CSA também nesta tarde -, no Castelão. Já o Galo da Paçujara mira forças no Campeonato Alagoano, onde é líder, e na Copa do Brasil, em que está na terceira fase.

O jogo

O primeiro tempo teve domínio total por parte do Esquadrão, que chegou várias vezes e quase não sofreu diante de um Galo que teve três volantes e, nem marcou, nem jogou.

Dono das ações, o Bahia demonstrou repertório para levar perigo: pelas laterais, por dentro e pelo alto. Assim, pressionando, logo aos seis minutos, Daniel deu enfiada por cobertura por Rossi que entrou por trás da defesa e ficou cara a cara com Diogo Silva, mas demorou muito para chutar e, quando o fez, a bola saiu fraca ao lado da trave.

O Tricolor seguiu em cima e, forte, abriu o placar. Em triangulação pelo centro do ataque, Daniel achou Rossi na lateral da grande área, que cruzou rasteiro e a bola ficou viva para Matheus Bahia, que chutou entre as pernas do goleiro alagoano para abrir o placar.

Em vantagem, o Esquadrão seguiu absoluto, com o mesmo ímpeto, enquanto o CRB não conseguiu neutralizar, nem reter a bola na frente – bem marcado, Diego Torres pouco fez – durante a etapa inicial.

Desta forma, o Bahia assustou em cabeceio despretensioso de Nino Paraíba, que acertou a trave, aos 29 minutos; no lance seguinte, foi a vez de Gilberto, que finalizou muito bem de fora da área mas parou no travessão. O segundo gol parecia maduro. E estava. Após erro na saída de bola do Galo, Nino Paraíba deu ótimo cruzamento e Thaciano só deslocou Diogo Silva para fazer 2 a 0, aos 42. Triunfo parcial mais do que justa.

Segundo tempo

Na etapa complementar, o CRB voltou com uma mudança mais ofensiva: saiu o volante Carlos Jatobá e entrou o atacante Hyuri. E o Galo melhorou em relação ao primeiro tempo – que havia sido bem fraco -, mas ainda insuficiente para pressionar o Tricolor, apenas frear um pouco mais o ímpeto, uma vez que o Bahia retornou na mesma pegada.

E os primeiros tempos foram mais disputados, sem chances de gols. Até os 12 minutos, quando o Bahia partiu em contra-ataque por bola longa, Gilberto e Rodriguinho fizeram ótima tabela e o centroavante fuzilou Diogo Silva em chute cruzado, forte, de esquerda, para aumentar a vantagem.

A partir daí, Roberto Fernandes também tentou mexidas, mas o Galo pouco assustou. Do outro lado, Dado também mudou, mas a fim de administrar o placar. Ainda assim, em ritmo menor, deu tempo para mais um. Em novo erro na saída de bola, Thaciano achou Rossi cara a cara com Diogo Silva, que só teve o trabalho de chutar no canto, sem chances. Triunfo expressivo e merecido para o Esquadrão.

Ficha

Bahia

Douglas; Nino Paraíba (João Pedro), Conti, Luiz Otávio, Matheus Bahia (Juninho Capixaba); Patrick de Lucca (Lucas Araújo), Daniel (Matheus Galdezani), Thaciano, Rodriguinho (Óscar Ruiz); Gilberto e Rossi. Técnico: Dado Cavalcanti

CRB

Diogo Silva; Reginaldo, Gum, Diego Ivo (Matheus Stockl), Guilherme Romão; Claudinei, Carlos Jatobá (Hyuri), Diego Torres; Luidy (Jiménez), Lucão (Régis) e Calyson. Técnico: Roberto Fernandes

Gols: Matheus Bahia, Thaciano, Gilberto e Rossi (BAH)
Cartões amarelos:

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending