conecte-se conosco
David marcou pelo Fortaleza contra o CSA David marcou pelo Fortaleza contra o CSA

ALCECopa do NordesteCSAFortalezaÚltimas

Fortaleza sofre, mas vence CSA e encara Bahia na semifinal da Copa do Nordeste

Foto: Leonardo Moreira/Fortaleza EC
Avatar

Publicados

em

O duelo teve equilíbrio na maior parte do tempo, mas o Fortaleza, bastante sólido e com a maioria das boas chances de ataque, fez valer seu mando de campo e venceu o CSA por 2 a 1 na Arena Castelão. Com a vitória, o Tricolor do Pici avança à semifinal da Copa do Nordeste e encara o Bahia em casa, no próximo sábado. Enquanto isso, os alagoanos ficam pelo meio do caminho.

Depois de um primeiro tempo mais equilibrado, com o CSA tendo sido mais perigoso, o segundo tempo teve um Fortaleza que engoliu o adversário nos 20 primeiro minutos. Pressão suficiente para desempatar o placar e garantir o resultado até o fim.

Contragolpe certeiro

A partida iniciou com o Fortaleza tendo mais posse, tentando se postar no campo de ataque, enquanto que o CSA adotou uma postura reativa, saindo em velocidade quando recuperava a bola. Dessa forma, o Azulão chegou em duas boas oportunidades logo no começo de jogo. Aos dois minutos, Dellatorre arriscou de fora da área e Felipe Alves fez boa defesa no canto esquerdo. Aos seis, em escapada de Victor Costa, Marco Túlio recebeu pelo meio, encarou a marcação, finalizou da entrada da área e a bola passou perto do travessão cearense.

Quando parecia que os visitantes estavam mais perto de abrir o placar, o Leão respondeu. Aos 15 minutos, após cobrança de escanteio, Wanderson subiu mais que a marcação e cabeceou forte para Darley espalmar. No rebote, David, que estava livre na pequena área, empurrou para as redes. O CSA mudou a postura e subiu suas linhas de marcação. Foi ganhando espaço, mas tinha dificuldades em finalizar. Aos 21 minutos, os alagoanos reclamaram de pênalti em Dellatorre, que foi derrubado por Wanderson. Porém, o VAR confirmou a decisão de impedimento dada pelo assistente.

Jogo melhora no fim da primeira etapa

A partida seguiu truncada, com as duas equipes marcando forte e fazendo um número maior de faltas. O Fortaleza soube segurar um pouco o ímpeto do CSA e voltou a levar perigo. Inclusive, em um lance até despretensioso aos 35. Da intermediária, Éderson tentou cruzar para David, mas acabou mandando direto no travessão. No rebote, Robson pegou mal e chutou para fora. Aos 38, o Azulão respondeu com Silvinho, de cabeça, e a bola passou à esquerda da meta.

Aos 40 minutos, uma falha bisonha de Pikachu gerou o empate do CSA. Em bola cruzada para a área, o ponta tentou ajeitar de cabeça antes de fazer o corte. Só que Victor Costa foi mais rápido, tomou a posse e foi atingido pelo atleta do Fortaleza. Pênalti bem marcado pela arbitragem, que Dellatorre cobrou forte no canto esquerdo e empatou aos 42.

Fortaleza com maior volume de jogo

A etapa final começou aberta, com o CSA escapando pela direita na dobradinha Norberto-Pimpão, mas o Fortaleza foi quem quase desempatou. Aos cinco minutos, Wellington Paulista cruzou na segunda trave e Robson acabou cabeceando por cima da meta. Logo depois, aos seis, David tabelou com Matheus Vargas e bateu de pé esquerdo, com força, mas mandou para fora, assustando Darley. Aos 13, Robson cruzou rasteiro, o goleiro deu rebote nos pés de Wellington Paulista. O camisa nove, no susto, escorou por cima do gol e perdeu uma chance incrível.

Tanta pressão do Fortaleza, com maior volume de jogo, resultou no segundo tento tricolor. Aos 20 minutos, após cobrança de falta, Bruno Melo se antecipou à marcação e desviou de cabeça para balançar as redes. Depois de ficar atrás do placar, o CSA se lançou ao ataque, mas esbarrou num Tricolor compacto, que fechava bem os espaços e não dava espaços para jogadas trabalhadas. Com isso, restou aos alagoanos tentarem chegar através da bola aérea, mas não conseguiram levar perigo suficiente à meta defendida por Felipe Alves. Fortaleza classificado e o CSA fica pelo meio do caminho.

Ficha do jogo

Fortaleza

Felipe Alves; Daniel Guedes (Tinga), Marcelo Benevenuto, Wanderson e Bruno Melo; Matheus Jussa, Éderson e Matheus Vargas (Romarinho); Yago Pikachu (Wellington Paulista), David (Osvaldo) e Robson (Felipe). Técnico: Enderson Moreira.

CSA

Darley; Norberto, Matheus Felipe, Lucão e Victor Costa; Geovane (Aylon); Rodrigo Pimpão (Ítalo), Gabriel (Silas), Marco Túlio (Iury Castilho) e Silvinho (Bruno Mota); Dellatorre. Técnico: Mozart.

Local: Arena Castelão, em Fortaleza-CE. Gols: David, aos 15′ do 1ºT, e Bruno Melo, aos 20′ do 2ºT (FOR); Dellatorre, aos 42′ do 1ºT (CSA). Cartões amarelos: Wellington Paulista e Bruno Melo (FOR); Lucão e Norberto (CSA).

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending