conecte-se conosco

EstaduaisPEPernambucanoSportÚltimas

Sport vence Retrô em estreia de Louzer e encaminha ida à semifinal do Estadual

Foto: Anderson Stevens
Avatar

Publicados

em

Depois de um futebol pobre no primeiro tempo, o Sport desencantou na segunda etapa e, com Neílton, aos oito minutos, em chute de fora da área, venceu mais uma partida no Campeonato Pernambucano. Desta vez, diante do Retrô, por 1 a 0, na Arena de Pernambuco, na noite deste sábado.

Triunfo que marca, inclusive, a estreia do técnico Umberto Louzer na beira do campo, comandando o time rubro-negro. O oposto do rival, que já soma quatro partidas consecutivas com derrota.

Agenda e tabela

Com o resultado, o Sport chega aos 17 pontos, mantido na segunda colocação, enquanto o Retrô estaciona em sexto lugar, com apenas sete pontos conquistados. Bom somatório na tabela que encaminha o time à semifinal do Estadual, uma vez que só pode ser ultrapassado se Salgueiro e Santa Cruz, únicas equipes que podem alcançar-lhe se vencerem todas as partidas restantes.

No próximo domingo, pela última rodada da fase de grupos do Estadual, o Leão encara o Náutico, no Clássico dos Clássicos, na Ilha do Retiro, às 16h, enquanto a Fênix visita o Vitória das Tabocas no mesmo horário, novamente na Arena Pernambuco.

Primeiro tempo morno, mas com o Retrô tendo mais chances

Um primeiro tempo morno, mas em que o Retrô esteve muito mais próximo do gol que o Sport. No scout, sete finalizações do time de Camaragibe, contra quatro do Rubro-negro, que em grande parte dos primeiros 45 minutos encontrou muita dificuldade em se infiltrar na defesa do rival.

As chances claras, porém, só se desenharam a partir dos 25 minutos. A primeira, com o Retrô. Mayco Félix, mesmo marcado por dois na entrada da área, lançou boa bola para Jaderson, que cabeceou firme, mas Maílson defendeu. A finalização, inclusive, chegou a bater na trave. Naquele momento, a única grande chance de perigo do jogo.

Na estreia de Louzer, praticamente o mesmo futebol – mas com mais cobranças na área técnica.

Sport responde, mas volta a pecar. E quase sofre o gol

Minutos depois, o Sport respondeu – na única boa trama bem trabalhada que fez no 1T. Aos 36, Toró puxou contra-ataque, acionou Patric na direita, que cruzou e o próprio atacante, em boa movimentação de infiltração, cabeceou, mas por cima do gol de Rodrigo Carvalho. E partir daí, a única vez em que o Rubro-negro voltou a se aproximar do gol foi com Neílton, em jogada na intermediária, mandando por cima do gol.

Diferentemente do Retrô, que voltou a levar perigo com Mayco Félix e teve a chance de ouro de abrir o placar no último lance do primeiro tempo, com Kauê. O meia recebeu ótimo lançamento de Janderson, após falha na saída de Toró, ficou cara a cara com Maílson, mas finalizou muito mal, fraco, para fora. Sorte do Sport.

Sport desencanta e larga na frente. E segue chegando mais

Se o Retrô teve mais chances claras de que o Sport no primeiro tempo, na etapa complementar o cenário se inverteu. E com o Leão ficando em vantagem logo cedo. Aos oito minutos, em recuperação de bola em contra-ataque aparentemente perdido por Gustavo, Neílton aproveitou passe de Júnior Tavares, que acabara de entrar na vaga de Betinho, que não fez boa atuação, e finalizou de fora da área. O chute, porém, resvalou na defesa do Retrô e morreu no fundo das redes de Rodrigo Andrade. (Veja o gol abaixo, em vídeo).

Depois do gol, o Retrô tentou esboçar alguma reação – naquele momento, tinha maior domínio e circulação de posse de bola -, mas sem envolver a marcação do Sport, sem produzir nada. E aí o Leão cresceu em produção, ocupando território, e chegou em mais três oportunidades. A primeira, com Maidana, a segunda, com Dalberto, e outra com Neílton. Nenhuma ampliou o placar na Arena Pernambuco, mas foi o suficiente para o Rubro-negro inibir o adversário e sair com a vitória.

Ficha do jogo

Retrô 0

Rodrigo Carvalho, Neílson (Mathaus), André Baumer, Del’Amore e Negueba; Romarinho, Jaildo (Ruan) e Gelson (Fabiano); Kauê, Janderson (Gugu) e Mayco Félix (Eryk). Técnico: Nílson Corrêa.

Sport 1

Maílson, Patric, Maidana, Adryelson e Sander; Marcão, Betinho (Júnior Tavares) e Gustavo (Maxwell); Neílton (Paulinho), Toró (Ewerthon) e Mikael (Dalberto). Técnico: Umberto Louzer.

Trending