conecte-se conosco

CECearáCopa Sul-AmericanaÚltimas

Diretores são flagrados supostamente quebrando protocolo; Ceará explica

Foto: Divulgação

Publicados

em

A delegação do Ceará está desde a noite do domingo na Argentina para o jogo desta terça-feira (27) contra o Arsenal de Sarandí, às 21h30, no estádio Julio Grondona. Porém, uma foto divulgada pela imprensa argentina na manhã desta segunda (26) chamou a atenção. Na imagem, o presidente Robinson de Castro, além do executivo de futebol Jorge Macedo, o gerente Sérgio Dimas e o diretor Pedro Mapurunga aparecem caminhando na rua, o que supostamente fura o protocolo da Conmebol com relação às medidas de prevenção contra a Covid-19.

Por sua vez, segundo o departamento de comunicação do clube, a foto foi tirada em frente ao hotel onde a delegação alvinegra está hospedada e já foi devidamente informada a Conmebol. A partida na Argentina é a primeira oficial da história do Vozão fora do Brasil.

De acordo com o protocolo de operações da entidade, “é proibido que que membros da delegação visitante (jogadores e comissão) deixem o hotel e/ou campos de treinamento sem ao menos terem acordado previamente e que não implique em contatos com pessoas de fora da sua delegação”, bem como também é vedado “que membros da delegação visitante (jogadores e comissão) recebam visitas de terceiros nos hotéis ou campos de treinamento”.

Ainda segundo o texto, a violação desses pontos acarretará multa e sanções ao clube infrator no valor de 15 mil dólares na primeira infração e de 30 mil doláres em caso de reincidência. Podendo ainda o clube sofrer outras sanções em casos mais graves.

Após a vitória por 3 a 1 na estreia contra o Jorge Wilstermann, o Ceará lidera o Grupo C da Sul-Americana com três pontos e saldo de dois gols. Em segundo aparece o Bolivar, que em sua primeira partida bateu o Arsenal por 2 a 1.

Trending