conecte-se conosco

EstaduaisPIPiauienseÚltimas

Após saída de Flávio Araújo, Mauro Iguatu e Ted Love deixam o 4 de julho

Foto: Aldo Carvalho

Publicados

em

O 4 de julho vive crise interna – e até surpreendente. Depois do empate em 0 a 0 com o River-PI, no último domingo, a direção do Colocado comunicou que o elenco passaria por uma redução para disputar a Série D do Brasileiro. O posicionamento em nada agradou o técnico Flávio Araújo, que pediu demissão assim que soube da notícia.

A destacar que o time segue na briga pela classificação no Estadual, a duas rodadas do final da primeira fase, e vai enfrentar em poucas semanas o São Paulo na terceira fase da Copa do Brasil.

Mas as saídas não pararam por aí. Em pouco mais de 24 horas do pedido de desligamento do comandante, foi a vez do goleiro Mauro Iguatu e o atacante – e ídolo – Ted Love comunicarem à diretoria que não fazem mais parte dos planos do clube. Ambos pediram rescisão voluntariamente de seus contratos.

Ted, que foi campeão do Estadual com o Gavião no ano passado e se consagrou como um dos maiores goleadores da competição, não deu maiores detalhes sobre o que teria sido o pivô da sua decisão, resumindo-se a dizer para a cúpula colorada que queria buscar ‘outros desafios na carreira’. Iguatu, por outro lado, antecipou sua saída, que já estava prevista para o fim do Campeonato Piauiense, em meados deste mês.

Ainda sem técnico, quem vai comandar o 4 de julho na reta final do Piauiense será o auxiliar técnico fixo do clube, Paolo Rossi.

Trending