conecte-se conosco
Sergipe bateu o Lagarto na primeira partida da final do Sergipano Sergipe bateu o Lagarto na primeira partida da final do Sergipano

SESergipanoÚltimas

Sergipe vence Lagarto por 3 a 1 e larga bem na final do Sergipano

Foto: Sergipe/Divulgação

Publicados

em

Em uma final que teve o VAR sendo usado pela primeira vez no estado, além de ter sido bem utilizado pela arbitragem, o Sergipe largou na frente na decisão do Campeonato Sergipano. O Alvirrubro bateu o Lagarto por 3 a 1 no Batistão. Os gols do Gipão foram marcados por Ewerton Ageu, Da Silva e Paulinho, enquanto que Felipe Alves diminuiu para o Alviverde.

Com o resultado, o Lagarto precisa vencer por dois gols de diferença para se sagrar campeão, já que empata em número de pontos e saldo de gols, mas fica na frente por ter melhor campanha que o Sergipe na primeira fase da competição. O Alvirrubro pode perder até por um gol de diferença, que garante o título. O duelo da volta será no sábado (22), às 16h, no Barretão.

O primeiro tempo começou aberto. Tanto o Sergipe, quanto o Lagarto, estavam buscando o ataque e tentaram abrir o placar logo no começo. Só que faltou um capricho maior para finalizar as jogadas. E quem chamou a atenção foi o VAR. Aos 12 minutos, a árbitra foi chamada para verificar um lance que aconteceu dentro da área do Alviverde, onde o goleiro André Luiz agrediu o meia Doda. Expulsão do arqueiro e pênalti marcado a favor do Gipão. Na cobrança, que somente aconteceu aos 18, Ewerton Ageu abriu o placar.

Com um a mais, o Sergipe se fez dominante em campo. Acelerando o jogo, chegando em velocidade diante do Lagarto, que estava abalado pela expulsão, outras chances começaram a surgir. Aos 32, a vantagem aumentou. Após cobrança de escanteio, a zaga lagartense cortou parcialmente e Da Silva, da entrada da área, emendou um belo chute que desviou na marcação e encobriu o goleiro Fábio Henrique.

Na etapa final, mesmo com um a menos, o Verdão foi determinado a diminuir o placar. O Gipão não voltou no mesmo ritmo e apresentou dificuldades para chegar ao ataque. Quase que o Lagarto marcou aos 12 minutos, quando Guilherme Lucena cobrou falta e mandou no travessão. Na volta, Felipe Alves pegou mal na bola e mandou por cima do gol.

Esse tento perdido fez muita falta para o Lagarto, porque aos 23 o Alvirrubro marcou novamente. Após cruzamento, a zaga visitante cortou mal e Paulinho bateu no canto do goleiro para fazer o terceiro. Aos 35, enfim, veio o gol alviverde. Daniel recebeu pela direita, bateu cruzado e Felipe Alves desviou antes do zagueiro fazer o corte. O Sergipe ainda pressionou por mais, mas o placar terminou mesmo em 3 a 1.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending