conecte-se conosco

BAÚltimasVitória

Após saída, ex-advogado do Vitória detona Paulo Carneiro: ‘É um psicopata’

Foto: Reprodução/Facebook

Publicados

em

Mais um capítulo foi dado nos bastidores políticos já aquecidos do Vitória. Uma semana após pedir demissão do clube, o então advogado do Leão, Breno Contreiras, em entrevista ao portal Bahia Notícias, relembrou detalhes sobre o processo que Paulo Carneiro, presidente do time baiano, move contra a instituição, mas não só isso. Breno também aproveitou para fazer duras críticas ao mandatário. Ao ponto, inclusive, de chamá-lo de ‘psicopata’.

“Comportamento antissocial, diminuição da capacidade de tratar bem, baixo controle comportamental. É a definição da palavra psicopata trazido pelo dicionário e sinceramente eu não estou brincando. Eu considero, após quatro anos de convivência com o presidente do Vitória, um psicopata. Eu não sou médico para dar o diagnóstico, mas eu acho ele tem comportamentos antissociais. Tem mania de perseguição. Eu tenho para mim que ele é louco”, disparou.

Em dezembro de 2017, uma decisão da Justiça apontou que Paulo Carneiro teria forjado contrato com o Vitória/SA, cobrando uma indenização de pouco mais de R$ 800 mil. Fundada em 1998, o Leão da Barra criou uma empesa de capital aberto, financiada por investimentos estrangeiros para comandar o futebol do clube. A estratégia, no entanto, não deu certo, com o próprio Vitória retomando o gerenciamento do futebol, assim como outras áreas da instituição. Breno Contreiras explicou o envolvimento de Paulo Carneiro.

“O Paulo criou o S/A para gerir o futebol do Vitória antes dele sair do clube, quando ele saiu da presidência do clube, ele teve sessões judiciais com o S/A. Dizia que era empregado, na época era presidente do clube, acionista majoritário do S/A. Na Justiça do Trabalho essa ação foi julgada improcedente. Paulo Carneiro e Assessoria LTDA dizem ter valores a receber do S/A por serviços não prestados”, detalhou o ex-advogado do Vitória.

Ainda no vídeo publicado no Instagram, Contreiras disse ter sido contrário em dar seguimento a ação, mas houve recusa por parte de Paulo Carneiro. “Eu expus minha opinião, mas levei o processo para o Paulo Carneiro com os valores atualizados e tudo certinho. E eu vou falar para vocês o que foi que ele me falou: que ele não se sentiu ressarcido o suficiente. Para um cara que atualmente ganha 27 mil reais no Vitória com quais resultados? Quais são os clubes de Série A que Paulo Carneiro tem mercado?”, retrucou.

A reportagem do NE45 tentou entrar em contato com o presidente Paulo carneiro, mas não obteve retorno até a publicação desta matéria.

Trending