conecte-se conosco

EstaduaisPIPiauienseÚltimas

Altos conquista o Piauiense e confirma hegemonia recente; veja lista de todos os campeões

Publicados

em

A lista de campeões piauienses conta com 24 clubes diferentes, dos quais 13 já foram extintos. Porém, nos últimos anos, a hegemonia pertence ao Altos. O título conquistado em cima do Fluminense neste sábado (22) é o terceiro do clube nos últimos cinco anos. Além disso, o Verdão conta com sete finais nas últimas seis edições, uma vez que também ficou com o vice-campeonato em 2016 e 2019. Confira a lista de todos os campeões piauienses na história, desde a primeira edição, em 1916. O River, com 31 troféus, segue com folga na liderança.

Campeões piauienses

River – 31 títulos

1948, 1950, 1951, 1952, 1953, 1954, 1955, 1956, 1958, 1959, 1960, 1961, 1962, 1963, 1973, 1975, 1977, 1978, 1980, 1981, 1989, 1996, 1999, 2000, 2001, 2002, 2007, 2014, 2015, 2016 e 2019

Flamengo – 17 títulos

1939, 1942, 1943, 1944, 1947, 1964, 1965, 1970, 1971, 1976, 1979, 1984, 1986, 1987, 1988, 2003 e 2009

Parnahyba – 13 títulos

1916, 1919, 1924, 1925, 1927, 1929, 1930, 1940, 2004, 2005, 2006, 2012 e 2013

Botafogo* – 11 títulos

1934, 1935, 1936, 1937, 1938, 1940, 1941, 1945, 1946, 1949 e 1957

Piauí – 5 títulos

1966, 1967, 1968, 1969 e 1985

Tiradentes – 5 títulos

1972, 1974, 1975, 1982 e 1990

Artístico* – 5 títulos

1920, 1923, 1929, 1930, 1933

Tiradentes AC* – 5 títulos

1924, 1925, 1926, 1927, 1928

4 de Julho – 4 títulos

1992, 1993, 2011 e 2020

Picos – 4 títulos

1991, 1994, 1997 e 1998

Flamengo SC* – 3 títulos

1937, 1938 e 1939

Militar* – 3 títulos

1921, 1931 e 1932

International* – 3 títulos

1921, 1926 e 1928

Altos – 3 títulos

2017, 2018 e 2021

SC Fluminense* – 2 títulos

1931 e 1935

Theresinense* – 2 títulos

1919, e 1922

Barras – 1 título

2008

Comercial – 1 título

2010

Cori-Sabbá – 1 título

1995

Paysandu* – 1 título

1936

Auto Esporte* – 1 título

1983

Piauhy* -1 título

1922

Palmeiras* – 1 título

1918

Belga* – 1 título

1917

*Clubes já extintos

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending