conecte-se conosco

CECearáCopa Sul-AmericanaÚltimas

Conmebol pune dirigentes por “passeio” na Argentina e Ceará perde R$ 340 mil em cota na Sula

Publicados

em

O Ceará voltou a sofrer uma punição da Conmebol após a sua estada na Argentina para o jogo contra o Arsenal de Sarandí, no dia 27 de abril, pela 2ª rodada da Copa Sul-Americana. A primeira partida oficial do clube fora do Brasil. Depois de ser multado em 15 mil dólares (cerca de R$ 80 mil na cotação atual) após atletas, comissão técnica e funcionários visitarem, a convite da diretoria Boca Juniors, o estádio La Bombonera, a entidade sul-americana, em nota oficial, comunicou que uma nova sanção.

Dessa vez dirigida ao presidente Robinson de Castro, ao executivo de futebol, Jorge Macêdo, ao conselheiro Henrique Lobo e ao diretor de patrimônio Pedro Mapurunga por também violarem o protocolo de operações das competições de clubes da entidade no controle a pandemia da Covid-19. O que deve custar um abatimento em R$ 340 mil sobre a cota alvinegra na competição.

Em uma imagem que foi divulgada pela imprensa argentina, os quatro dirigentes aparecem caminhando na rua, o que supostamente fura o protocolo da entidade. Mais tarde, o departamento de comunicação do clube informou que a foto foi tirada em frente ao hotel onde a delegação do Vozão estava hospedada e que a Conmebol já havia sido devidamente informada.

No entanto, pelo passeio, a Conmebol aplicou uma multa de 15 mil dólares para cada dirigente, totalizando US$ 60 mil em punições, (cerca de R$ 340 mil). De acordo com o protocolo de operações da entidade, “é proibido que que membros da delegação visitante (jogadores e comissão) deixem o hotel e/ou campos de treinamento sem ao menos terem acordado previamente e que não implique em contatos com pessoas de fora da sua delegação”, bem como também é vedado “que membros da delegação visitante (jogadores e comissão) recebam visitas de terceiros nos hotéis ou campos de treinamento”.

Em nota, a Conmebol ressaltou que “esta decisão poderá ser apelada à Comissão de Recursos no prazo de sete dias a partir da notificação dos fundamentos desta decisão nos termos do artigo 67.2 do Código Disciplinar”.

O Ceará volta a campo nesta quinta-feira pela Sul-Americana para enfrentar o eliminado Jorge Wilstermann, na Bolívia, pela última rodada da primeira fase. O Vozão lidera o Grupo C com nove pontos e se classifica com uma vitória. Em caso de tropeço (empate ou derrota) vai ter que torcer para que o Arsenal, více líder com oito, não vença o Bolívar, na Argentina.

Trending