conecte-se conosco
Juan Pablo Vojvoda, técnico do Fortaleza Juan Pablo Vojvoda, técnico do Fortaleza

CEFortalezaSérie AÚltimas

Vojvoda exalta Fortaleza por vontade de “querer ganhar a partida”

Foto: TV Leão/Reprodução

Publicados

em

O Fortaleza perdia para o Atlético-MG por 1 a 0 na primeira etapa, mas cresceu no segundo tempo e buscou a virada, com dois gols de Yago Pikachu, sendo um deles aos 48 minutos. O treinador Juan Pablo Vojvoda mexeu na equipe no intervalo, deu maior força ofensiva e soube dominar os donos da casa em parte do duelo. Ainda mais, a vontade de vencer, mesmo estando atrás do placar, foi fundamental para que o buscasse o resultado positivo fora de casa.

“Eu creio que o primeiro tempo, os primeiros quinze minutos, estivemos bem. Logo o adversário se apoderou da bola e conseguiu a vantagem como  pênalti. O que mais gostei na minha equipe foi a predisposição e compromisso de pressionar o segundo tempo, para querer ganhar na partida. Esse é o motivo pelo qual me sinto orgulhoso dos meus atletas”, disse o comandante argentino.

Diante de um Atlético-MG com um elenco recheado de estrelas, jogadores caros, o Fortaleza precisava estar ao seu melhor. E conseguiu. Para Vojvoda, dois fatores precisavam ser igualados para que o seu time pudesse buscar os três pontos: a intensidade e a dinâmica em campo. “Enfrentamos um adversário muito bom, que tem bons atletas. Mas nós estivemos num nível importante para jogar este tipo de partida. Precisamos igualar intensidade e dinâmica. A partir do momento que igualarmos isso, podemos gerar nosso próprio jogo e funcionamento”, acrescentou.

Inclusive, o treinador não vê uma razão para que o Fortaleza não possa jogar de igual para igual com outras equipes melhores tecnicamente. A questão, para Vojvoda, é que será possível fazer isso, contanto que alguns conceitos básicos estejam sendo bem aplicados. “Temos que trabalhar muito e, a partir daí, melhorar seu funcionamento, sua pressão coletiva. Creio que o Fortaleza tem que conservar seu espírito de agressividade, intensidade e dinâmica no jogo”, encerrou.

Confira a coletiva do técnico do Fortaleza

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending