conecte-se conosco

PESportÚltimas

CD do Sport monta comissão nesta terça para apurar denúncia de homofobia contra ex-BBB Gil

Foto; Anderson Stevens/Sport Club do Recife

Publicados

em

Quase um mês depois da divulgação em áudio dos ataques homofóbicos do conselheiro do Sport, Flávio Koury, contra o ex-participante do Big Brother Brasil, Gilberto, o Conselho Deliberativo do clube irá formar, em assembleia ordinária nesta terça-feira (7), a comissão de ética que irá analisar o pedido de expulsão de Koury feito pelo também conselheiro Romero Albuquerque. Ao todo, a comissão será composta por cinco membros, sendo três indicados pelo presidente do Deliberativo, Pedro Lacerda, e mais dois que serão escolhidos pelos demais conselheiros na própria reunião extraordinária.

Formada a comissão, haverá um prazo de 30 dias para a formulação de um parecer que será levado para avaliação do plenário do conselho, que votará a favor ou contra a indicação. Nos áudios vazados, Flávio Koury faz diversos ataques homofóbicos contra Gilberto.

“Se ele tivesse feito essa dancinha na casa dele, num bordel, eu não estaria nem aí. Mas foi dentro da Ilha do Retiro. Isso é desmoralização, ausência de vergonha na cara. É isso o que a gente está vivendo”, disse o conselheiro em trecho do áudio. “1,2 milhões de visualizações. Arretado. 1,2 milhões de pessoas achando que o Sport só tem veado, só tem puto, só tem galinha, só tem bicha. É bom, muito bom, um marketing arretado. Vai vender a camisa, rapaz. A viadagem todinha vai comprar, vai ser lindo”, acrescentou em outro recorte.

Após a repercussão nacional do caso, Flávio Koury gravou um vídeo pedindo desculpas a Gilberto, alegando que áudios viralizados foram feitos durante conversa em grupo privado.

“O regimento interno do Conselho já determina a formação do conselho de ética, independente do fato ocorrido, até a terceira sessão ordinária, que será apenas em julho. A desta terça-feira (8) será a segunda, mas pelo clamor e pela repercussão do caso decidimos antecipar. Sendo assim, iremos formar essa comissão de ética, que irá tomar conhecimento da denúncia e apresentar, em 30 dias, um parecer ao plenário do conselho que votará a observação da comissão”, explicou Pedro Lacerda.

Ainda segundo o presidente do Deliberativo do Sport, os três nomes que serão indicados por ele já foram escolhidos. Além disso, haverá mais duas indicações que serão levadas como sugestão à reunião ordinária desta terça-feira.

“Não vou adiantar os nomes, mas as minhas indicações são de três conselheiros que já foram presidentes do executivo, do deliberativo e também dos dois. São pessoas que de um profundo conhecimento do clube. São juristas, advogados e inclusive um deles é professor catedrático. Tive o cuidado de oferecer os melhores nomes para aceitar essa missão. Esse foi um caso de grande repercussão. Queremos um julgamento técnico e justo”, concluiu Pedro Lacerda.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending