conecte-se conosco

ALConfiançaCRBSESérie BÚltimas

Em jogo agitado, CRB marca na reta final e vence Confiança no Rei Pelé

Clube regatiano é vice-líder; time sergipano fica em décimo na Série B

Publicados

em

Em um jogo com início eletrizante, o vencedor só saiu na reta final. E deu CRB, que bateu o Confiança por 3 a 2, na tarde deste sábado, no Rei Pelé, pela terceira rodada da Série B. Os gols do Galo da Pajuçara foram feitos por Alisson Farias, Hyuri e Dudu, enquanto Neto Berola e Alex Henrique marcaram pelo Dragão.

VÍDEO: Assista aos gols da vitória do CRB sobre o Confiança

E agora?

Com o resultado, o CRB subiu para a vice-liderança, com sete pontos, enquanto o Confiança aparece em décimo, com três. Na sequência, o Galo da Pajuçara visita o Goiás, já o Dragão recebe o Brasil de Pelotas, ambos nesta terça.

O jogo – início movimentado e com gols

O primeiro tempo começou muito agitado, com alternâncias e gols. Foram quatro, mais precisamente, nos 20 primeiros minutos, em que pesou a boa movimentação dos respectivos ataques aliados a deslizes das defesas.

Logo aos 12, Alisson Farias arrancou da esquerda para dentro no ataque – diante da defesa sergipana postada – e enfiou para Hyuri, quebrando as linhas da zaga, que entrou livre. Cara a cara com Rafael Santos, o atacante finalizou em cima do goleiro, mas, no rebote, Alisson Farias aproveitou sobra da meia lua e, com a barra aberta, só concluiu para abrir o placar.

A vantagem, porém, durou pouco. Dois minutos depois, Luciano Juba cruzou do lado esquerdo da intermediária ofensiva, Guilherme Romão cochilou na marcação e Neto Berola completou, sozinho, no segundo pau, sem chances de defesa para Diogo Silva.

A igualdade no placar, por sua vez, também permaneceu por pouco tempo. Isso porque, em contra-ataque, Reginaldo, no campo de defesa, aproveitou espaço entre a zaga do Dragão e acionou Hyuri, que partiu livre, do meio de campo. De frente para Rafael Santos, só tirou do goleiro para desempatar, aos 18.

E, mantendo a tônica de um gol lá e outro cá, o Confiança não tardou a empatar. Aos 23, em roubada de bola no meio de campo, Leandro Silva aproveitou a zaga regatiana desprotegida, fez ultrapassagem com Neto Berola pela direita, recebeu passe livre entrando na área pela linha de fundo e cruzou rasteiro para Alex Henrique, que aproveitou desatenção de Frazan para só escorar e fazer 2 a 2.

Jogo esfria

Depois deste início insano, ambos os times diminuíram o ritmo – o que é natural, nenhuma equipe joga em alta intensidade os 90 minutos – e a partida ficou mais concentrada no meio de campo, sem maiores chances e até picotado, com quatro cartões amarelos registrados.

Segundo tempo

Na etapa complementar, CRB e Confiança voltaram em uma extensão do que foram a partir dos 25 minutos do primeiro tempo e a partida seguiu morna, com ataques menos inspirados e defesas mais atentas.

Desta forma, os times promoveram mudanças, a fim de dar gás novo, sobretudo no ataque. E apesar de as alterações do Confiança terem sido melhor – com Yago e Willians Santana – que deram mais movimentação na frente e posse de bola, o Dragão não conseguiu criar.

Por outro lado, a melhor peça regatiana foi Dudu – havia entrado ainda no primeiro tempo no lugar do lesionado Diego Torres -, que tentou algumas arrancadas e jogadas individuais, mas insuficiente para uma grande produção do Galo.

Bola aérea destrava jogo – para o CRB

Disputado e concentrado no meio, o jogo parecia caminhar para o fim empatado. Mas só parecia. Aos 39, em uma jogada de linha de fundo, Reginaldo cruzou e Dudu, livre no segundo pau, cabeceou fraco, mas a bola foi por cobertura, no canto, caprichosamente sobre Rafael Santos, aos 39, desempatando e dando números finais ao duelo. CRB vence a primeira em casa e sobe para segundo.

Ficha

CRB 3

Diogo Silva; Reginaldo, Gum, Frazan, Guilherme Romão (Alexandre Melo); Jean Patrick, Marthã (Claudinei), Diego Torres (Dudu); Ewandro (Erik), Hyuri e Alisson Farias. Técnico: Allan Aal

Confiança 2

Rafael Santos; Leandro Silva, Nery Bareiro, Victor Salinas, Luciano Juba (Everton Santos); Bruno Sena, Alvaro (Rafael Vila), Daniel Penha; Neto Berola (Willians Santana), Alex Henrique (Lucas Barcelos) e Luidy (Iago). Técnico: Rodrigo Santana

Local: Rei Pelé, Maceió
Gols:
Alisson Farias, Hyuri e Dudu (CRB); Neto Berola, Alex Henrique (CON)
Cartões amarelos:
Guilherme Romão e Marthã (CRB); Leandro Silva, Luciano Juba (CON)

Trending