conecte-se conosco
Guto Ferreira, técnico do Ceará Guto Ferreira, técnico do Ceará

CECearáSérie AÚltimas

Guto lamenta chances perdidas e queda do Ceará no segundo tempo

Publicados

em

O Ceará acabou empatando com a Chapecoense em 0 a 0 na Arena Condá, em Chapecó-SC, nesse domingo (13). O Vozão perdeu duas grandes chances, pelo menos, no primeiro tempo, e isso fez falta na etapa final. Para o técnico Guto Ferreira, a superioridade da sua equipe foi clara nos primeiros 45 minutos. Porém, ele lamentou por não ter convertido as oportunidades e disse que faltou “um pouco de sorte” ao Alvinegro.

“Estatisticamente no jogo, estivemos na frente da Chapecoense em todos os quesitos. Finalizações, escanteios, entre outros. Acho que fizemos um primeiro tempo muito bom, faltou o gol. Tivemos a infelicidade de, num dos lances, a bola bater duas vezes na trave. Algumas coisas que são detalhes. Faltou um pouco de sorte para a gente”, disse o treinador.

Na etapa final, a queda de produção do Ceará foi nítida. O time não conseguiu manter o mesmo ritmo e pouco incomodou a Chapecoense. Lima, que era o melhor do Vozão em campo, foi substituído por causa de desgaste, já que voltava de lesão. Mesmo tendo rodado o time para essa partida, Guto Ferreira acredita que a sequência de jogos no meio e fim de semana tem pesado para que tal situação ocorra. Mesmo assim, ele fiz que o Alvinegro vai trabalhar para que não aconteça esse tipo de situação.

“No segundo tempo tivemos um início tentando manter o nível, mas tivemos uma queda que tenderia a acontecer. Jogamos na quinta-feira o clássico e jogando no domingo, bem próximo numa sequência que a gente ainda está fazendo. É normal que venha acontecer essa queda, mas vamos trabalhar para que isso deixe de acontecer”, encerrou o comandante do Ceará.

Confira a coletiva do técnico do Ceará

Ouça a partir do minuto 69′:

Trending