conecte-se conosco

BASérie BÚltimasVitória

Vitória e Remo se reencontram após 14 anos; última derrota baiana tinha Ramon Menezes em campo

Raul Pereira/EC Vitoria

Publicados

em

A tarde da quarta-feira reserva um confronto entre duas das mais tradicionais camisas do futebol brasileiro. Em Belém, o Clube do Remo recebe o Vitória para um confronto válido pela quarta rodada da Série B. Apesar da tradição deste confronto de 67 anos de história, os times não se enfrentam desde 2007, com apenas dois encontros neste século.

Entre amistosos, Séries A e B e Copa do Brasil, Remo e Vitória já se enfrentaram 21 vezes, com oito vitórias baianas, oito empates e cinco triunfos paraenses. Os últimos jogos, 14 anos atrás, aconteceram na disputa da Segunda Divisão, onde as equipes se reencontram agora. Na oportunidade, o Vitória ganhou no Pará e garantiu o empate na Bahia.

Antes disso, o intervalo também era bastante largo. No Brasileiro de 1994 os dois Leões estiveram juntos pela penúltima vez no mesmo campeonato. O jogo de volta, no Pará, também terminou com vitória baiana, por 1 a 0. O gol solitário daquele jogo foi marcado por Ramon Menezes, que acaba de voltar ao clube e vai, apenas, para seu terceiro jogo como treinador do Vitória.

O último triunfo remista data do primeiro confronto naquele campeonato, 27 anos atrás, sobre um time que, além de Ramon, tinha nomes como Rodrigo Chagas, Roberto Cavalo e Vampeta. Desde então, os times vêm se desencontrando bastante nos campeonatos nacionais. O Clube do Remo chegou até a Série D, enquanto o Vitória até chegou a passar pela Terceira Divisão, mas se acostumou a frequentar as duas primeiras divisões nacionais, hall do qual o Leão Azul estava fora desde aquela Série B de 2007.

Agora, nesta Série B, a busca baiana é pela primeira vitória no campeonato, para se aproximar da parte de cima da tabela após dois empates e uma derrota. Para o Remo, por sua vez, o jogo vale uma redenção após uma dura derrota por 3 a 0 para o Botafogo.

Trending