conecte-se conosco

PESanta CruzSérie CÚltimas

Terceiro treinador do Santa no ano, Bolívar é demitido após 51 dias

Rafael Melo/Santa Cruz

Publicados

em

Em pouco mais de quatro meses, chegou ao fim mais uma passagem de treinador no Santa Cruz. Após João Brigatti e Alexandre Gallo, o então técnico Bolívar está de saída do Arruda. O treinador foi comunicado nesta quarta-feira e o anúncio deve ser feito pelo clube nas próximas horas. A informação foi divulgada pelo repórter Matheus Santos, do Jornal do Commercio, e confirmada pela reportagem do NE45.

Terceiro treinador do Santa Cruz na temporada, Bolívar deixa o clube após, apenas 51 dias à frente do Santa Cruz. A passagem, que durou apenas seis jogos, foi finalizada em uma partida na qual o comandante sequer estava à beira do gramado, a derrota por 1 a 0 para o Ferroviário, quando o Santa foi comandado pelo auxiliar Roberto de Jesus, em decorrência do diagnóstico de Covid-19 do agora ex-treinador.

Nos seis jogos da “era Bolívar”, intercalados por uma intertemporada de duas semanas, o Santa Cruz somou três empates e três derrotas. Com ele, o time até avançou à semifinal do Pernambucano, mas viveu uma péssima largada de Série C.

Sob o comando de Bolívar, o Tricolor sofreu apenas cinco gols, mas só conseguiu balançar as redes uma vez, sendo, esse, um gol contra, marcado após erro do atacante Guillermo Paiva, do Náutico.

Bolívar foi o terceiro técnico do Santa Cruz na temporada, antes, o Tricolor já tinha vivido passagens curtas de João Brigatti e Alexandre Gallo. Em todas, o time teve um rendimento criticado e viveu instabilidades. Há seis jogos sem vencer e com só um triunfo nos últimos 12 jogos, ainda não há informações sobre qual nome poderá ser o novo treinador do Santa Cruz.

LIMITE DE TROCAS

Com essa saída, o Santa Cruz “gasta” o único direito de demitir treinador que tem para esta Série C. Ou seja, caso o trabalho do próximo treinador contratado não agrade, o clube só terá duas opções: mantê-lo até o fim do campeonato ou buscar alguma alternativa caseira, promovendo um auxiliar ou diretor ao cargo de treinador.

Continue lendo
1 comentário

1 comentário

  1. Severino P Muniz

    16 de junho de 2021 a 13:32

    Já foi tarde!!!
    Desejo sucesso na contratação do novo técnico.
    Volto a insistir que o clube tem um plantel muito grande. Desses 40 atletas, descartaria 20, e contratava 10 de qualidade. E, jogador de qualidade não aceita salário de 15, 20 mil reais não. É preciso investir nesses 10.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending