conecte-se conosco

RNSérie DÚltimas

Reconhecendo início ruim no América-RN, Daniel Neri fica na bronca após derrota para o ABC

Canindé Pereira/América FC

Publicados

em

Com duas derrotas seguidas na Série D, o América-RN não vive um bom momento, como foi reconhecido pelo próprio treinador Daniel Neri. Assumindo um início abaixo das expectativas, o português lamentou o gol sofrido no final do clássico contra o ABC, afirmando que o empate seria um resultado mais justo. Segundo ele, porém, é preciso ter consciência desse momento para poder fazer o Dragão reagir.

No comando do time da Rodrigues Alves há três rodadas, Neri esteve à frente da vitória por 1 a 0 sobre o Central, depois, porém, uma derrota dura por 3 a 0 para o Campinense e o tropeço por 3 a 2 no clássico complicaram a largada americana. Ainda assim, Neri projetou evolução.

“A gente quer fazer um bom trabalho aqui, até lá no finalzinho. Não é porque começa mal, que vamos terminar mal. Sabemos que vai ser difícil, não esperava que fosse tanto e que perdêssemos assim os dois jogos. O último foi feio, nesse foi infeliz. Foi um jogo infeliz, um golzinho no final matou um jogo com cara de empate. Então, é continuar. Sabemos que ainda faltam 11 jogos, 33 pontos em jogo ainda”.

Sobre o jogo do domingo, Neri demonstrou desapontamento com o gol sofrido já nos minutos finais, em um pênalti convertido pelo ABC. “Pelo jogo que fizemos, um empate era um resultado que caberia, mas, infelizmente, aquele gol no final matou o jogo. Deixa-nos triste, com o sentimento de que merecíamos mais por tudo que fizemos no jogo, pelo que vínhamos tentando fazer”.

Neri também reforçou a importância de encarar de frente os momentos ruins para reverter a fase do América. “Estamos revoltados, tristes, queremos trabalhar, elevar a capacidade de jogo, o nome do América, mas isso só se consegue com trabalho. Os momentos ruins vêm e a gente só tem que encarar. Não dá para dizer que está bom, não está. Está ruim, mas é assim mesmo, está ruim, tem que encarar e dar a volta por cima, reagir e tentar, para fazer um bom jogo já no próximo fim de semana”.

Mensagem à torcida

Por fim, o treinador ainda deu uma palavra direta à torcida do clube potiguar. “Dar uma palavra também para a torcida, para que nos apoia, deve estar triste, descontente. É natural que vocês estejam, estamos todos. Se for possível, porque essas coisas pedem, por mais que machuque, é difícil ter uma paciência. O início era mais difícil, todos nós sabíamos, e a dificuldade está vindo, mas nós também estamos a reagir a ela”.

Trending