conecte-se conosco
Náutico Náutico

NáuticoPESérie BÚltimas

Após boa largada, Náutico só precisa de 50% dos pontos por acesso

Tiago Caldas/CNC

Publicados

em

Uma das máximas mais famosas do futebol brasileiro dá conta de que, nos pontos corridos, os pontos ganhos nas primeiras rodadas valem tanto quanto aqueles dos jogos finais. Para o Náutico, os 16 pontos obtidos nas seis rodadas iniciais já podem ser um grande diferencial a favor do Timbu, que já deve garantir o acesso se ganhar metade dos pontos em disputa na Série B.

Segundo o site especializado Chance de Gol, a média de pontuação para o acesso nesta Série B deve ficar próxima aos 63 pontos, marca que, na análise deles, dá mais de 90% de chance de acesso. Na estimativa do departamento de matemática da UFMG, por sua vez, os 60 pontos já garantem 93,7% de chance de acesso. Considerando esses cálculos, o Timbu precisaria de mais 44-47 pontos para retornar à Série A.

Com mais 96 pontos ainda em disputa nos próximos 32 jogos da Segundona, isso significaria um aproveitamento entre 46% e 49%. Esses valores já significariam uma grande queda para o time, que largou com 89% de aproveitamento nos seis primeiros jogos.

Em outras palavras, isso significaria que, ganhando metade dos pontos em disputa, o Timbu conseguiria cravar o acesso. Na prática, seria algo como ganhar todos os jogos nos Aflitos e perder todas as partidas longe de seus mandos.

Se falarmos em título para o Alvirrubro, a conta é diferente. Segundo o Chance de Gol, a marca de 75 pontos dá mais de 90% de chances de levar a taça, enquanto a UFMG estipula os 90% para a marca dos 68 pontos. Neste cenário, o aproveitamento no restante das partidas para garantir o segundo título nacional do clube estaria entre 54% e 61%.

PROBABILIDADES DO NÁUTICO

Passadas seis rodadas, o Chance de Gol já coloca o Náutico como franco favorito na Segundona. Segundo o site, o Timbu tem 42,9% de chance de título e 82,5% de chance de acesso. Para a UFMG, os números são mais conservadores, com 28,6% de chance de levar a taça, frente a 65,3% de chance de subir de divisão. Para ambos, a chance de rebaixamento já é menos que 1%.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending