conecte-se conosco

PESportÚltimas

Eduardo Carvalho diz que deve ser candidato à presidência do Sport

Eduardo refutou a ideia de reunião ‘em torno de um salvador da pátria’

Foto: Divulgação

Publicados

em

Confirmado o formato direto, a data e publicado os primeiros editais de convocação, a eleição do Sport vai ganhando cada vez mais forma. E, ao que tudo indica, está bem próximo de ter o primeiro pré-candidato oficial. Trata-se de Eduardo Carvalho, do Movimento Uma Razão para Viver, que participou dos últimos dois pleitos e confirmou que deve concorrer na votação prevista para o próximo dia 15. Segundo ele, uma reunião na próxima semana vai bater o martelo.

LEIA: Thiago Lopes deve ser baixa e Sport tenta ter Júnior Tavares contra Cuiabá

“Nosso grupo deve se reunir na quarta-feira para fazer uma análise. O que posso adiantar é que a tendência realmente é que dispute a eleição porque não está havendo nenhuma sintonia, por mais que se fale em um possível ajuntamento. O que estamos vendo é esse discurso antigo de fazer uma reunião em torno de um salvador da pátria. Meu grupo não admite isso. O que meu grupo apresenta é um projeto de governo”, disse.

“Sempre pedi voto a um projeto apresentado pelo Movimento. Se a conversa que se quer ter é de um salvador, nosso grupo está fora. Se tem alguém interessado em discutir projetos, sentamos para ver se é possível. Mas em princípio não estamos vendo muito certo esse caminho porque o que observamos é todo mundo querendo se juntar em torno de alguém imbatível, de consenso. Não existe”, acrescentou.

Nos bastidores do Sport tem havido constantes reuniões, desde terça-feira da semana passada, em busca de alguém que possa vir a ser aclamado, com Gustavo Dubeux sendo o principal nome, ainda que oficialmente ele tenha negado. Questionado se foi chamado para participar de alguma costura, Eduardo Carvalho negou.

“Não houve convite nenhum. Eu procurei algumas pessoas, procurei Nelo (Campos) para sentarmos e conversarmos sobre projeto, mas ele não me deu retorno”, revelou. Por fim, perguntado se deveria ser ele mesmo o nome para encabeçar a chapa, acenou positivamente. “Tudo indica, tudo indica. Pode ser que não, mas em princípio (sou eu)”, concluiu.

Na última eleição, há pouco mais de dois meses, Eduardo Carvalho ficou em quarto e último lugar, com 119 votos (5%), no pleito que reelegeu Milton Bivar como presidente do clube. Em 2018, por sua vez, recebeu 329 votos (11%), quando perdeu também para Bivar, numa disputa apenas entre os dois.

Trending