conecte-se conosco

BASérie BÚltimasVitória

Vitória volta mal no segundo tempo e perde de virada para o Londrina

É a segunda derrota seguida do Leão, que segue próximo do Z4

Foto: Pietro Carpi/ ECV

Publicados

em

Foi um jogo de tempos distintos na noite deste sábado, no Barradão. Superior na primeira etapa, o Vitória saiu na frente com gol de Dinei, nos acréscimos. Porém, sofreu um apagão no início do segundo tempo e perdeu de virada por 2 a 1 para o Londrina, que marcou com Adenilson e Tárik, em duelo válido pela sétima rodada da Série B.

E agora?

Com o resultado, o Leão fica com seis pontos e cai para o 15º lugar, igualado em pontuação com quem está na degola. Na sequência, o Vitória visita o Botafogo, nesta quarta-feira.

O jogo – Vitória superior na etapa inicial

O Rubro-negro não fez um grande primeiro tempo, mas foi superior e conseguiu levar a melhor. Com mais posse de bola, rondou a área e teve dificuldades de criar, desta forma, recorreu aos chutes de fora da área, onde levou perigo.

Nos 20 primeiros minutos, para se ter uma ideia, o Rubro-negro ocupou o campo ofensivo e assustou em finalizações da intermediária, em ordem, com Raul Prata, aos seis, onde César fez ótima defesa, e com David, aos 16, onde a bola passou perto da meta. Além disso, sem conseguir infiltrar, assustou também em cabeceio em cabeceio de David, aos 11, de cabeça.

Por outro lado, defensivamente, praticamente não sofreu – demonstrando limitações, o Londrina finalizou apenas uma vez. O jogo parecia caminhar sem gols para o intervalo. Só parecia. Nos acréscimos, Pablo Siles levantou na área da intermediária e Dinei cabeceou bem, no canto, sem chances de defesa para abrir o placar.

Apagão e derrota no segundo tempo

Para a etapa complementar, o Leão voltou praticamente nulo no começo. O que custou caro. Apático, não conseguiu reter a bola e muito menos assustar, algo que, apesar das dificuldades criativas, chegou a fazer em chutes de fora da área no primeiro tempo, por exemplo.

Assim, a vantagem do Vitória, em 18 minutos, virou desvantagem. Primeiro, aos oito, em jogada individual, Luiz Henrique avançou pela esquerda, entrou na área e rolou para o meio, onde Adenilson, livre, finalizou e a bola, antes de entrar, ainda desviou em Roberto, tirando qualquer chance de Lucas Arcanjo. Um a um.

O gol desnorteou de vez o Rubro-negro, que seguiu acuado. E, dez minutos depois, sofreu a virada. Em cobrança de falta lateral, Luiz Henrique achou Tárik dentro da área, sem marcação, que completou para fazer 2 a 1.

Atrás do placar, o técnico Ramon Menezes fez mudanças a fim de dar gás novo e mudar o ânimo do time, sem reação. E as mudanças até melhoraram o time, que voltou a ocupar o campo de ataque, mais no abafa do que na organização.

E, com o passar do tempo, o Rubro-negro se mandou de vez para frente, mas faltou precisão em jogadas com Samuel, que errou passe cruzado que deixaria Soares em boas condições, além de cabeceio do próprio atacante, que, na pequena área, errou o alvo. Segunda derrota seguido do Leão, que continua perto da zona de rebaixamento.

Ficha

Vitória 1

Lucas Arcanjo; Raul Prata, Marcelo Alves, Wallace, Roberto (Pedrinho); Gabriel Bispo, Bruno Oliveira (Guilherme Santos), Pablo Siles (Eduardo), Soares; Dinei (Samuel) e David (Igor Catatau). Técnico: Ramon Menezes

Londrina 2

César; Ricardo Luz, Marcondes, Augusto, Luiz Henrique (Talison); Boschetti, Marcelo Freitas (Jean), Matheus Bianqui (Adenilson); Caprini, Salatiel (Júnior Pirambu) e Tiago Orobó (Douglas Santos). Técnico: Roberto Fonseca

Local: Barradão, Salvador
Gols: Dinei (VIT); Adenilson e Tárik (LON)
Cartões amarelos: Roberto, Pedrinho e Pablo Siles (VIT); Salatiel, César (LON)

Ouça a partir do minuto 08′:

Trending