conecte-se conosco

ALCRBCSASérie BÚltimas

Clássico das Multidões pode marcar estreia e retorno para CSA e CRB

Augusto Oliveira/CSA; Maxwell Oliveira/ASCOM CRB

Publicados

em

O jogo entre CSA e CRB na noite deste sábado pode trazer novidades para ambos os times – ainda que por motivos opostos. Sem o lateral direito Cristovam, que está suspenso e lesionado, Ewerthon pode estrear com a camisa azul. No lado vermelho, por outro lado, a novidade não deve vir por desfalque, mas por reforço, com o volante Wesley, que retornou ao time no segundo tempo do jogo contra o Náutico podendo reaparecer entre os titulares.

Para o CSA, mandante no clássico, Cristovam é um desfalque importante. Presente em 13 jogos do clube nesta temporada, o ala foi substituto imediato de Norberto, que trocou Alagoas por Minas Gerais, reforçando o Cruzeiro.

Sem ambos, o nome que surge como herdeiro natural da posição é o do lateral e ponta Ewerthon, recém-chegado por empréstimo, cedido pelo Sport. O jogador esteve no banco contra o Cruzeiro, mas, por problemas digestivos, ficou fora contra a Ponte Preta.

Outra mudança também é esperada no time, com Renato Cajá, destaque contra a Ponte Preta, podendo ter a primeira oportunidade no time de cima. Cajá tem apenas dois jogos pelo time, tendo disputado toda a segunda etapa no jogo em Campinas.

CRB

No lado praiano, por outro lado, a novidade fica por conta de Wesley. O experiente volante que esteve fora dos jogos do CRB por mais de um mês, em decorrência de uma lesão na panturrilha direita, reapareceu no empate com o Náutico, entrando para jogar os últimos 21 minutos da partida.

Mesmo convivendo com lesões na temporada, já tendo até passado por cirurgia no joelho no início de abril, Wesley segue como uma peça importante do time. Ao menos era assim quando ele estava à disposição de Roberto Fernandes. Com isso, ele pode reaparecer entre os titulares em breve, com o clássico sendo uma primeira oportunidade para isso.

A recuperação, inclusive, foi comentada pelo volante de 34 anos. “Foi muito bom ter retornado. Estar em campo novamente foi especial. Trabalhei muito nestas últimas semanas para voltar bem, 100% e sem risco de nova lesão. Agora é buscar manter essa sequência para crescer com a equipe e ter uma sequência com todos”.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending