conecte-se conosco

NáuticoPESérie BÚltimas

Hélio admite preocupação com desgaste e pode promover mudanças contra o Operário

Publicados

em

Nesta sexta-feira, nos Aflitos, diante do Operário, o Náutico encerrará uma sequência de oito jogos em 25 dias na Série B. Número que o técnico do Timbu, inclusive, classificou como ‘ingrato’ em coletiva de imprensa após o empate diante do CRB, no Rei Pelé, na última terça-feira. E, por isso, o comandante pode promover mais mudanças que o esperado na equipe.

Além de Yago, titular em Maceió que saiu de campo no decorrer do jogo com dores na coxa, e Camutanga e Kieza, ambos com desgaste muscular, serem dúvidas para o duelo diante do Fantasma, o Hélio revelou preocupação com mais três atletas: o lateral direito Hereda, o atacante Vinícius e o meia Jean Carlos. Todos eles titular absolutos do time.

“O desgaste da sequência de jogos é muito grande. Estou preocupado com Hereda para o próximo jogo, com Vinícius, Jean (Carlos). A sequência é ingrata, todo mundo sente. Agora vamos recuperar desse jogo (contra o CRB), até no aspecto emocional depois de ter levado um gol aos 46 minutos do segundo tempo, jogando o que jogamos. E vamos seguir em frente”, explicou.

A destacar que outra peça também pode vir a não atuar nesta sexta: o volante Djavan. Antes de começar a partida contra o CRB, o jogador, que também figura no time de cima do Náutico, sentiu um desconforto e foi vetado pelo DM.

Trending