conecte-se conosco
Bahia perdeu para o São Paulo no Morumbi Bahia perdeu para o São Paulo no Morumbi

BABahiaSérie AÚltimas

Bahia cai de produção, vacila no fim e perde do São Paulo no Morumbi

Publicados

em

Depois de um primeiro tempo seguro e mais perto de abrir o placar, o Bahia acabou caindo de produção na segunda etapa, se defendendo mais e sem força ofensiva. Quando se abriu para tentar os três pontos fora de casa, vacilou na defesa e acabou derrotado por 1 a 0 para o São Paulo, no Morumbi, em São Paulo-SP, com gol marcado pelo volante Liziero.

Com o resultado, o Bahia segue com 17 pontos, na sexta colocação, e pode perder posições ao fim da rodada. Já o São Paulo emendou a segunda vitória consecutiva na competição e chegou aos 11 pontos, no 14º lugar. O Esquadrão volta a campo no dia 18, domingo, contra o Flamengo, em Pituaçu, às 18h15. O Tricolor Paulista joga no próximo sábado, no Morumbi, contra o Fortaleza. A partida está marcada para as 17h.

Confira a classificação da Série A

Bahia, com postura reativa, tem melhores chances

A primeira etapa contou com o São Paulo tendo mais posse de bola, rondando a área do Bahia, mas o Tricolor de Aço é quem teve as melhores chances. Jogando de maneira mais aguda, verticalizando mais do que costuma fazer, e teve grandes oportunidades para marcar. Aos 12 minutos, após lançamento da defesa, Gilberto ganhou do marcador, driblou Volpi e tocou para Patrick de Lucca, que bateu e o zagueiro Diego salvou em cima da linha. Aos 15, Thaciano tentou novamente, em finalização pelo lado direito, mas o goleiro são-paulino defendeu.

Os donos da casa tinham dificuldades para invadir a área do Esquadrão e, dessa forma, resolveram arriscar em chutes de fora da área. Aos 16, Gabriel Sara tentou e mandou para fora. Aos 30, Reinaldo também arriscou, com bastante efeito na bola, mas ela passou ao lado esquerdo da trave. Aos 37, o São Paulo conseguiu furar o bloqueio e Pablo tentou de dentro da área, mas chutou em cima de Matheus Teixeira. Para não deixar barato, o Bahia apertou e Thaciano mandou uma bomba no travessão de Volpi, aos 41 minutos, batendo de fora da área.

Bahia cai de produção e leva gol no fim

No segundo tempo, o São Paulo cresceu. Se lançou mais ao ataque, de maneira agressiva. Marcando a saída de bola e aproveitando de erros do Bahia, como a de Matheus Teixeira, aos cinco, onde Vitor Bueno se embananou e desperdiçou a chance. Aos 12 minutos, Igor Vinícius cruzou fechado, com força, e o goleiro do Esquadrão defendeu bem.

Aos 13, Pablo recebeu em profundidade no meio dos zagueiros, tocou de lado para Gabriel Sara, que bateu forte para fora. Depois, o Bahia conseguiu se fechar melhor e controlar mais a partida, encurtando os espaços que o São Paulo encontrava nas costas dos marcadores. Na reta final da partida, o Tricolor de Aço passou a se lançar mais ao ataque e a partida ficou mais movimentada. Aos 35, Galeano bateu em cima de Matheus Teixeira, que deu rebote e Reinaldo, na sobra, pegou mal, jogando para fora.

Apesar de incomodar, faltava uma finalização com mais perigo ao Bahia, e o espaço que deixou no fim custou caro. Aos 46 minutos, Marquinhos fez a jogada e bateu para defesa do goleiro. Na volta, a bola ficou com Reinaldo, pela esquerda, que teve todo tempo do mundo para dominar, esperar a infiltração de Liziero e cruzar na cabeça do volante paulista, que testou para as redes e marcou o gol da vitória dos donos da casa.

Ficha do jogo

São Paulo (1)

Thiago Volpi; Arboleda, Diego e Léo; Igor Vinícius (Benítez), Liziero, Talles (Igor Gomes), Gabriel Sara e Reinaldo; Vitor Bueno (Marquinhos) e Pablo (Galeano). Técnico: Hernán Crespo.

Bahia (0)

Matheus Teixeira; Nino Paraíba, Luiz Otávio, Ligger e Matheus Bahia; Patrick de Lucca (Matheus Galdezani), Jonas (Lucas Araújo) e Thaciano (Maycon Douglas); Rodriguinho (Thonny Anderson), Rossi (Óscar Ruiz) e Gilberto. Técnico: Dado Cavalcanti.

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo-SP.

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ).

Assistentes: Eduardo Gonçalves da Cruz (MS) e Márcia Bezerra Lopes Caetano (RO).

Gol: Liziero, aos 46′ do 2ºT (SAO).

Cartão amarelo: Jonas (BAH).

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending