conecte-se conosco

PESérie ASportÚltimas

Na Ilha, Sport perde de virada para o Fluminense e segue no Z4

Rubro-negro chegou a sete partidas sem vitórias na Série A

Publicados

em

O Sport fez um bom primeiro tempo e até saiu na frente, com André, de pênalti. Entretanto, voltou muito mal para a etapa complementar e perdeu de virada por 2 a 1 para o Fluminense, que marcou duas vezes com Lucca (uma delas em posição duvidosa que não teve análise completa do VAR), na noite deste sábado, na Ilha do Retiro, pela 11ª rodada da Série A.

E agora?

Com o resultado, o Leão continua em 17º, com sete pontos, dois abaixo de sair da degola. Na sequência, o Rubro-negro enfrenta América-MG, na segunda-feira da próxima semana, no estádio Independência.

O jogo – começo ruim e Mailson importante

O Sport não iniciou bem a partida. Logo aos dez minutos, precisou contar com Mailson, que fez duas excelentes defesas. Primeiro, numa saída de bola errada, a defesa acabou envolvida e Nenê recebeu livre, cara a cara, mas o chute à queima-roupa foi defendido pelo goleiro. Em seguida, após cruzamento da esquerda, a zaga não subiu e Luiz Henrique cabeceou forte, mas de novo o camisa 1 defendeu.

Melhora em campo

Por volta dos 15 minutos, o Leão entrou um pouco mais no jogo e conseguiu reter a bola, ainda que tenha sido lento e pouco criativo – como vem sendo de maneira geral na competição. Desta forma, conseguiu levar perigo a partir de ligações diretas e sobre tudo acionando Tréllez, que jogou na ponta.

Primeiro, o colombiano foi acionado em velocidade pela direita e deu o passe voltando para André que, de primeira, bateu bem, de chapa, no canto, mas Muriel defendeu. Depois, Tréllez recebeu ligação direta, fez o pivô e tabelou com Everaldo, que o deixou na cara do gol, mas o colombiano demorou a chutar e foi abafado pelo goleiro tricolor. Na sequência, aparecendo como centroavante, subiu bem e completou cruzamento da esquerda, mas a bola passou perto.

Superior, o Sport marca

O Rubro-negro não chegou a dominar o Fluminense, mas foi melhor porque rondou mais a área, ainda que defensivamente não tenha apertado na marcação. Ocupando mais o campo ofensivo, o Sport chegou ao gol com um pênalti. Improvisado, Ricardinho tentou cruzamento e a bola bateu no braço de David Braz, que estava aberto, dentro da área. Na cobrança, André marcou e colocou o Leão na frente, aos 43 minutos.

Segundo tempo

Para a etapa complementar, o Sport voltou mais acuado em relação a como terminou o primeiro tempo, também por conta da imposição do Fluminense, que se mandou para frente. E o Rubro-negro encontrou dificuldades em campo.

Desta forma, foi sendo envolvido pelo Fluminense, que passou a rondar a área e tentar cruzamentos e finalizações de fora da área.

Leão sofre a virada

Sem conseguir oferecer perigo, o Sport acabou punido. Em uma investida do Fluminense, a defesa desorganizou e deixou Lucca sozinho, que completou cruzamento rasteiro na pequena área para marcar, aos 21 minutos – em posição duvidosa que, porém, não teve análise precisa do VAR já que as linhas tecnológicas não funcionaram, segundo a transmissão do SporTv.

O Sport sentiu o gol, seguiu mal e sofreu o segundo. Oito minutos depois, após cobrança de escanteio, a defesa cochilou e Lucca subiu mais alto que todo mundo para cabecear bem.

Leão tenta, mas não marca e perde

Depois da virada, Louzer fez mudanças a fim de dar gás novo e colocar o time para frente. E o Rubro-negro, mais na vontade do que na organização, até tentou, mas não conseguiu reagir. Nova derrota e permanência no Z4.

Ficha

Sport

Mailson; Ricardinho (Maxwell), Rafael Thyere, Sabino, Júnior Tavares; Marcão, Zé Welison (Gustavo), Thiago Neves (Thiago Lopes); Everaldo (Paulinho Moccelin), André e Tréllez (Mikael). Técnico: Umberto Louzer

Fluminense

Muriel; Calegari, Manoel, David Braz, Danilo Barcelos; Wellington (Gustavo), Matheus Martineli, Nenê (Lucca), Ganso (Yago Felipe), Cazares e Luiz Henrique (João Neto). Técnico: Roger Machado

Local: Ilha do Retiro, Recife
Gols: André (SPO), Lucca, duas vezes (FLU)
Cartões amarelos: Marcão (SPO)

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending