conecte-se conosco
Francisco Diá, técnico do Ferroviário Francisco Diá, técnico do Ferroviário

CESérie CÚltimas

Diá nega crise no Ferroviário e dispara após vitória: ‘Luz vermelha que eu conheço é de um cabaré’

Foto: Lenílson Santos/Ferroviário AC

Publicados

em

Após vitória do Ferroviário por 2 a 0 sobre o Paysandu, fora de casa, no último domingo, pela sétima rodada da Série C, o técnico do time cearense, Francisco Diá, soltou mais uma pérola na coletiva de imprensa.

Além de elogiar a atuação da equipe, o comandante negou veementemente um princípio de crise, se havia acendido uma ‘luz vermelha’ pela situação do Ferroviário na tabela de classificação – já que, até então, o time vinha de duas derrotas e um empate no Brasileiro. E, para isso, Diá fez uma referência incomum: a um cabaré de Natal.

“A luz vermelha que é conheço é de um cabaré que tem lá em Natal, a luz de Maria Boa, porque aqui não existe luz vermelha. Existe um time brigando em busca de uma classificação”, disparou.

Diá também fez questão de reforçar a importância do triunfo sobre o Papão, sobretudo em virtude da obediência tática apresentada pelo Ferroviário, e destacou que a briga do Tubarão é se firmar no G4 da Série C.

“Parabenizar o grupo pela entrega, dedicação, obediência tática, mudança de posicionamento dentro da partida. Eles assimilaram bem, um grupo jovem. Os jogadores que entraram, entraram muito bem, o time fez uma grande partida. E ganhar aqui do Paysandu não é fácil. São três pontos que nos credenciam a ir em busca de uma classificação. É difícil? É, mas não é impossível”, concluiu.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending