conecte-se conosco

BASérie BÚltimasVitória

Escanteado nos últimos jogos do Vitória, Marcelo Alves é bancado por Ramon: “líder”

Ramon também disse que o jogo contra o Sampaio é importante para a reabilitação nesta Série B

Pietro Carpi/EC Vitória

Publicados

em

Dois gols. Isso é o que separa o Vitória da zona de rebaixamento na Série B. Hoje, o time é 16º, com a mesma pontuação da Ponte Preta, atrás apenas pelo saldo de gols. Para reverter, o Leão volta a campo na noite desta terça-feira para receber o Sampaio Corrêa, querendo voltar a vencer após cinco jogos para respirar um pouco no campeonato, algo factível na visão do treinador Ramon Menezes, que também comentou sobre a situação dos zagueiros Marcelo Alves e Wallace no time.

Confiante no trabalho, Ramon cravou que o time precisa buscar o resultado no jogo desta terça. “Vamos recuperar todo mundo, é um jogo decisivo para nós. Precisamos voltar a vencer na competição. Jogamos em casa contra um adversário que vem bem. É um grande jogo e uma grande oportunidade para a gente voltar a vencer”.

Para este jogo, a composição da zaga do Leão é incerta. Nos dois últimos jogos, Marcelo Alves foi sacado do time, dando espaço a Thalisson Kelven, contra o Goiás, e João Victor, contra o Confiança, após lesão do primeiro. Mesmo assim, Ramon garantiu que Marcelo segue sendo uma peça fundamental para os planos do Vitória no campeonato.

“O Marcelo (Alves) jogou quase todos os jogos comigo, só ficou fora nesses dois últimos. É um jogador muito importante, é um líder, embora jovem, mas que assumiu esse papel importante. É um jogador importante para todos. No jogo contra o Goiás, pelo desgaste físico, eu senti que deveria dar uma oportunidade para o Thalisson (Kelven), e contra o Confiança, optei pela entrada do João (Victor). Está todo mundo ligado e pronto para nos ajudar, isso é o mais importante”.

Ramon também falou sobre Wallace. Questionado sobre as atuações do zagueiro, que teria falhado nos jogos contra Náutico, Internacional e Confiança, ele saiu em defesa do experiente defensor e afirmou que o erro no último jogo foi um problema geral de concentração da equipe.

“Não vejo falha do Wallace. Naquele momento, é o conjunto, acho que, em determinador momentos do jogo, você comete algumas falhas. Faltou atenção no elenco, a gente entrou um pouco desconcentrado, o que não pode acontecer. No vestiário, a coisa que a gente mais fala é a concentração, principalmente no começo do jogo, final do primeiro tempo, começo do segundo. São momentos importantes do jogo”.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending