conecte-se conosco
Roberto Fernandes, técnico do Santa Cruz Roberto Fernandes, técnico do Santa Cruz

PESanta CruzSérie CÚltimas

Roberto diz estar ‘no limite’ e afirma que vive seu ‘pior início de trabalho’ no Santa

Publicados

em

Nas últimas coletivas, o técnico do Santa Cruz, Roberto Fernandes tem adotado um tom mais veemente. Sincero. E o motivo da mudança de postura não é por acaso – ainda que a situação vivida não seja inusitada, uma vez que nenhum dos últimos três técnicos que passaram pelo Tricolor conquistou uma vitória sequer.

Mas, particularmente para Roberto, o desempenho do time na Série C sob seu comando, afundado na lanterna da competição e a seis pontos para sair do Z2, tem custado caro também por um motivo pessoal. Isso porque, segundo o treinador, o seu início de trabalho no Arruda é ‘o pior em qualquer clube que já dirigiu na vida’.

“Eu não tenho dúvida em afirmar que este é o meu pior início de trabalho em qualquer clube que eu já dirigi na minha vida. Eu nunca assumi um clube para ficar quatro rodadas sem vitória. O Santa Cruz tem cinco vitórias numa temporada de 28 jogos. Eu saí do CRB com aproveitamento de 64%, com quatro derrotas, em 30 jogos. É exatamente o contrário do que eu vivo hoje”, lamentou.

Na coletiva pós-jogo diante do Altos, o técnico do Santa Cruz ainda pontuou o desempenho do clube na temporada, somando apenas cinco vitórias em 28 jogos disputados. Sob seu comando, foram dois empates e duas derrotas.

Um desempenho muito abaixo e que precisa emergencialmente de melhora, já que, nos cálculos para livrar o time do rebaixamento à Série D, o Tricolor precisa vencer seis jogos dos 11 restantes para se safar do porão do futebol nacional.

“Apontar o erro é muito fácil, qualquer pessoa com bom senso consegue apontar. Encontrar soluções é que realmente não é fácil. Não é apenas uma coisa, é um conjunto, são várias situações que colocaram o Santa Cruz nessa situação. E nós estamos trabalhando. Eu estou no meu limite. Estou fazendo o meu máximo para tentar sair dessa situação”, concluiu.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending