conecte-se conosco

CECearáSérie AÚltimas

Ex-Ceará, Saulo e Vizeu vão para time lanterna do Campeonato Japonês

Foto: Felipe Santos/ Ceará SC

Publicados

em

Após o presidente do Ceará, Robinson de Castro, confirmar a negociação do atacante Saulo Mineiro na última sexta-feira (9), por 1,5 milhão de dólares, o clube para qual o atleta veio à tona nesta terça (13). O destino é o Yokohama FC, lanterna do Campeonato Japonês. Quem também fará companhia a Saulo é o centroavante Felipe Vizeu, que deixou o Vozão no fim de junho, ao fim do contrato de empréstimo junto a Udinese-ITA.

Vale lembrar que, do total da venda de Saulo Mineiro, o Ceará ficará com 90% do total – aproximadamente 1,35 milhão, enquanto o restante fica para o Volta Redonda-RJ. Vindo para o Alvinegro em 2020, após se destacar no Voltaço, Saulo disputou 49 partidas e marcou 12 gols. Ele também foi o artilheiro do Ceará na Copa do Nordeste de 2021, com quatro tentos anotados. Uma aposta que deu certo.

Enquanto isso, Vizeu veio com a expectativa de ser o homem gol do Ceará. Porém, a passagem foi muito abaixo do que o esperado, e não fez valer o custo-benefício pelo alto salário que o clube pagava a ele. Ao todo, foram 32 jogos disputados, com apenas cinco gols feitos. Além disso, o atleta de 24 anos conviveu com lesões, o que também atrapalhou o seu rendimento. Quando ganhou uma sequência maior, na atual temporada, não se firmou.

O Yokohama FC ocupa a última colocação do Campeonato Japonês com apenas 11 pontos. Os dois atletas se juntam ao zagueiro Gabriel, ex-Atlético-MG, num pacotão de reforços que o clube contratou mirando fugir do rebaixamento. Uma curiosidade é que o Yokohama FC é o time onde joga o lendário Kazu Miura, de 54 anos, que passou pelo futebol brasileiro nos anos 80. Ele defendeu clubes como CRB, Palmeiras, Santos e Coritiba, antes de voltar ao futebol japonês. Outro atleta de renome e bastante veterano no elenco, é o meia Shunsuke Nakamura, que atuou por vários anos no futebol europeu e disputou duas Copas do Mundo pelo Japão, a de 2006 e 2010.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending