conecte-se conosco
Gadu_Bahia_Declaração Gadu_Bahia_Declaração

BABahiaÚltimas

Gadu admite erro em críticas ao Bahia e pede desculpas por agressão à ex-namorada

Publicados

em

O retorno de Gadu ao Bahia não foi do jeito esperado. A contratação da atacante, que se consagrou como artilheira do clube em 2020 e foi peça determinante no retorno da equipe feminina à elite do Brasileiro da modalidade, contou com muitas críticas por parte da torcida.

Isso porque, quando se despediu do Esquadrão – naquele momento uma surpresa para o clube, que desejava sua renovação – a jogadora deu declarações fortes nas suas redes sociais, criticando a estrutura do Tricolor – dizendo, inclusive, que faltava alimentação nas viagens. Além disso, também se envolveu em um episódio de violência contra a ex-namorada.

Mas, nesta sexta-feira, Gadu veio a público e, no seu perfil oficial do Instagram, ‘de peito aberto’, como classificou, passou a limpo as repercussões sobre o assunto: pediu perdão à torcida do Bahia e afirmou que se envergonha da agressão cometida contra sua ex-noiva, com quem já conversou e disse ter se resolvido.

Veja a declaração, na íntegra

“As últimas 24 horas foram doídas, mas aqui estou, de peito aberto. Resolvi vir aqui falar com vocês como Evelyn, mulher de 24 anos, mãe de Théo, de 5. Aprendi desde cedo onde cresci, a ter responsabilidade pelos meus atos. Por isso, ainda que possa parecer tarde, preciso pedir perdão à torcida tricolor, algo que já tinha feito ao clube. Como acontece com muitas pessoas em momentos de pressão, não consegui lidar bem com algumas situações na época da saída do Bahia, no início deste ano. Onde também estava mexida com a lesão, e tomei decisões ruins. Errei em falar coisas das quais não tinham necessidade.

Devo desculpas públicas também à minha ex- noiva Juliana, sinto muito pela sua dor, e que me arrependo profundamente disso. Não apenas por ter sido algo que envolveu ela, mas também por ela ser mulher. Me envergonho e já falei diretamente a ela, a quem agradeço por me perdoar e acreditar na evolução das pessoas.

Mesmo tendo possibilidade de permanecer disputando a Série A1, decidi voltar ao Bahia e a Salvador com o objetivo de reparar essas questões que me atingiam enquanto ser humano e continuar a história que tenho no clube da forma mais honesta e sincera. Este é o lugar onde fui acolhida e espero um dia poder sentir esse abraço novamente”.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending